Archive

Archive for julho \31\UTC 2010

Toyota FT 86 vai ter lançamento antecipado para 2011

O Super esportivo da Toyota FT 86 cujo lançamento estava previsto somente para 2013, c0nforme matéria que publicamos aqui no blog a alguns meses. Mas na prática quando colocamos a matéria ele estava previsto para 2011, mas logo após a Toyota alterou a data e manteve agendado somente para 2013.

Com isso a marca reforça sua sua intenção de lançar o seu super esportivo FT-86 em Novembro de 2011, tal como estava previsto no início. Este reforço da intenção da marca neste objetivo foi colocada por conta dos vários transtornos e recalls que a Toyota vem sofrendo e portanto nada melhor do que mostrar ao mercado novidades. Algumas notícias referiam que a marca iria lançar o modelo apenas em 2013, mas sabendo das questões na época nem chegamos a dizer isso.

 O carro será semelhante ao protótipo, existindo apenas pequenas modificações de última hora.

O FT-86 é um protótipo de um desportivo da Toyota que foi lançado no Salão de Tóquio de 2009. Utiliza um motor 2.0 litros Boxer da Subaru acoplado a uma caixa manual de seis velocidades. Tem tração traseira.

Quer ver mais fotos do modelo, clique aqui.
Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Fotos, modelos, preços e tudo sobre o lançamento da Nova Fiat Idea

julho 30, 2010 1 comentário

Nova Fiat Idea Adventure 2011 - vistosa e cheia de plástico por fora

Ainda falando sobre Minivans, enquanto uns suspendem a produção outros lançam modelos novos para aquecer o mercado.

A primeira foi a Citroen que mostrou a Air Cross a poucas semanas, mas que só poderá ser vendida somente em Setembro. Agora, depois de várias chamadas e suspenses com carros zebrados e notícias plantadas na mídia de grandes portais é a vez da Nova Idea da Fiat.

E vamos a ela. A linha 2011 do Idea muda sensivelmente por dentro, por fora e na “alma”. É a primeira reforma que a minivan recebe desde seu lançamento, em 2005, e com isso deve retomar a liderança do segmento, hoje em posse do Meriva – até a primeira quinzena de julho, foram 13.155 unidades comercializadas do Fiat, contra 14.278 emplacamentos do Chevrolet.

Fiat Idea Essence 2011 - painel interno

Por fora, a transformação mais nítida é na frente: mudam para-choque, grade dianteira, capô, para-lama e retrovisores, enquanto os faróis agora são de dupla parábola, maiores e em novo formato. Na traseira, a placa foi parar no para-choque, que foi redesenhado, assim como vidro e tampa do porta-malas. Mas o que o futuro dono de Idea vai querer exibir, veja só, são as lanternas iluminadas por LEDs. Rodas, calotas e maçanetas também têm novo formato.

Por dentro, há novas padronagens e volante redesenhado, além de mudanças efetivas, como novo sistema de ar condicionado, fechadura elétrica do porta-malas e curso do ajuste de altura do banco do motorista 20 mm maior, permitindo melhor ajuste da postura do condutor.

Outra grande novidade são os novos motores, os já conhecidos (em Punto e Palio) E.torQ. Como se vê, as mudanças foram sensíveis, dignas de uma reavaliação do modelo. Blogauto acompanha entre hoje e amanhã a apresentação oficial do modelo, que também se renova com as versões Attractive, Essence e Sporting.

A Fiat também apresentou ontem uma informação muito importante para os curiosos de plantão sobre minivan Idea reestilizada. Si, quanto custa ter esta novidade na garagem. Os valores foram levemente alterados, mas a novidade é a inclusão das versões Essence que, sem dúvida, responderão pelo maior volume de vendas. Para quem quer gastar o mínimo, a marca oferece o Idea Attractive com o motor 1.4 e preço de R$ 43 590.

Por mais R$ 2 020, aparece o Idea Essence com o motor E.torQ 1.6, mais adequado para quem compra um carro familiar e carrega mais gente e bagagem. Há também a opção Dualogic por R$ 47 720.

A partir daí começa o show de horrores em valores . A Fiat vende as versões enfeitadas da minivan que, de esportiva, não tem nada. Ainda assim, o Idea Sporting agrada pelo visual até que equilibrado. Tem motor 1.8 16V E.torQ e custa R$ 54 280 (manual) ou R$ 56 390 (Dualogic). Já a parruda versão Adventure tem um volume de plástico para dar inveja ao interior do Celta.

Pelo menos, a Fiat não alterou os preços das versões – R$ 56 300 para o manual e R$ 59 010 para o Dualogic. Agora, pagar esse valor por uma minivan compacta com 380 litros de porta-malas, difícil não é. Com um valor semelhante, é possível levar para casa um Hyundai i30, por exemplo, que tem o mesmo espaço atrás e é bem mais esportivo.

Versões Disponíves da Nova Idea 2011

Fiat Idea Attractive: direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, computador de bordo, volante e banco do motorista com regulagem de altura, Follow me home, três encostos de cabeça no banco traseiro, banco traseiro bipartido, comando elétrico de abertura do porta-malas, console no teto, lanternas traseiras com iluminação a LED, retrovisores externos com luzes indicadoras de direção, spoiler, luzes de leitura dianteira e traseira e chave canivete com telecomando.

Fiat Idea Essence: mesmos equipamentos do Attractive, mas opcionais a mais: bancos em couro, apóia-braço para o motorista, banco dianteiro do passageiro dobrável para ampliar o espaço para carga, airbags laterais dianteiros, teto solar Skydome, sensores crepuscular e de chuva, retrovisor interno eletrocrômico e subwoofer.

Fiat Idea Sporting: mesmos equipamentos do Attractive mais ar-condicionado, computador de bordo B, faróis de neblina, rádio CD com MP3, rodas em liga-leve aro 16” (inclusive o estepe), retrovisores externos com acionamento elétrico e apóia-braço central para o motorista.

Fiat Idea Adventure: mesmos equipamentos da versão Sporting mais airbags dianteiros, freios com ABS e os detalhes típicos dela como inclinômetro, rack no teto, faróis de neblina e profundidade e pneus de uso misto, entre outros.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Renault deve aposentar de vez a Minivan Scenic ainda em 2010

A Renault confirmou esta semana  que vai encerrar a produção da Minivan Scénic, primeiro modelo da marca a ser produzido no Brasil, na planta de São José dos Pinhais, Paraná. O motivo da  parada na produção é por conta do baixíssimo volume de vendas nas concessionárias autorizadas Renault.

Foram comercializadas somente 897 unidades do veículo no primeiro semestre, número bem inferior ao das principais concorrentes. A última Scénic sairá da linha de montagem em 6 de agosto. Desde 1999 no mercado, a minivan teve 142 mil unidades emplacadas.

Mesmo assim as concessionárias ainda terão em estoque várias unidades com preços bem abaixo de mercado. Assim como o Clio Sedã que teve uma depreciação forte em seu último ano de venda, quem quiser uma MInivan barata terá a sua chance a partir de agora, mas é bom correr…

Eu particularmente acreditaria no carro se ele tivesse o mesmo design e opcionais da versão européia…

Imagem da 3ª geração da Scenic apresentada no Salão de Genebra 2009 que mostrava toda a influência do novo DNA da Renault. Entre eles, estão a grade em filete, os faróis mais puxados e a frente pronunciada.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Pela primeira vez Governo libera pacote de verbas que poderão ser usadas em projetos de carros elétricos

Tomara que a moda pegue e a cena acima seja corriqueira nos grandes centros

O governo anunciou nesta terça-feira (27) a destinação de R$ 600 milhões para projetos de inovação tecnológica. Empresas interessadas em receber o subsídio deverão apresentar projetos, que serão analisados por ministérios das áreas beneficiadas, além do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Petrobras. O cadastramento das empresas interessadas no edital deve ser iniciado em agosto.

Durante a apresentação do projeto, foi anunciada ainda a edição de uma medida provisória que desonera tributos sobre recursos de subvenção econômica. Desse modo, não serão cobrados Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social Sobre Lucro Líquido (CSLL) dos R$ 600 milhões liberados para pesquisa em tecnologia.

Do total de recursos disponibilizados, R$ 500 milhões serão aplicados em empresas que investem em tecnologia nas áreas de energia, nanotecnologia, saúde, defesa e desenvolvimento social. Para a construção de núcleos de apoio à gestão da inovação e ações de capacitação, serão destinados R$ 100 milhões. Os núcleos têm por objetivo auxiliar empresas na elaboração de projetos de inovação.

Segundo o ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, parte dos recursos deve ser destinada a pesquisas para a construção de carros elétricos. “Um dos temas contemplados é justamente o estímulo em partes, peças e projetos de carro elétrico. [O recurso liberado] Vai incentivar fabricantes de bateria a desenvolver bateria para carros elétricos”, disse.

No entanto, o ministro disse que não há um valor destinado especificamente para o setor. “Precisamos tomar cuidado para não incentivar demais o carro elétrico e não incentivar os carros movidos a biocombustíveis”, disse Rezende. Falou a voz da experiência e do lobby do setor canavieiro. Só faltou dizer que é importante para o brasil a manutenção de combustíveis fósseis por conta dos empregos gerados no setor.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Audi A7 primeira fotos oficiais são mostradas pela montadora alemã

Poucas mudanças visuais das fotos não oficiais reveladas antes do lançamento do Audi A7 Sportback

A Audi liberou finalmente as imagens do A7, conforme mostrou o site G1 ontem no final do dia próximo das 17hs.

A Audi revelou o novo A7 Sportback em Munique, na Alemanha. O modelo vai concorrer com o Mercedes-Benz CLS e o BMW Série 5 Gran Turismo. O cupê de quatro portas será vendido no mercado europeu com duas opções de motorização: 3.0 V6 TFSI quattro de 300 cv e 3.0 V6 TDI quattro de 240 cv. Elas vão custar, respectivamente, 62.300 euros (R$ 143.165) e 60.900 euros (R$ 139.948). A Audi afirmou que lançará depois as versões 2.8 FSI de 204 cv e 3.0 TDI multitronic e 204 cv.


Apesar de se tratar de um cupê, suas medidas e as portas traseiras devem promover conforto para os passageiros. Ele tem 4,97 m de comprimento e 1,91 m de largura, mas apenas 1,42 m de altura. O bagageiro tem capacidade de 535 litros, que pode aumentar para 1.390 litros com o rebatimento dos bancos.

O modelo foi apresentado como carro-conceito no Salão de Detroit de 2009 e segue linhas que a Audi tem reforçado nos últimos lançamentos, como grade em formato retangular, faróis com formato irregular e LEDs.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Da Peugeot ou da Sadia… o nome da scooter é Kisbee

Quem disse que a marca peugeot só é forte em produzir carros. _ que puxada em peugeot…Desta vez a marca decidiu lançar uma scooter de baixa cilindrada. com um nome meio esquisito…Kisbee – parece Jabá da Sadia  mas é para comemorar o dia do motociclista…trocadilhos da parte que com certeza irão surgir o melhor mesmo é ler o que a minimoto tem a oferecer…

A Peugeot dá sequência às inovações em sua família de scooters ao apresentar a Kisbee 50. O modelo, terceira novidade da Marca no ano, chega ao mercado europeu para reforçar a oferta da Peugeot no estratégico segmento de scooters compactas de entrada de gama, que representa mais de 40% do volume europeu em 50 cm3, no qual a Peugeot atua com 19% de participação no setor.

Autêntica especialista do segmento, a Peugeot perpetua uma longa tradição de scooters econômicas que têm sido muito bem aceitas, iniciada com o modelo STL e que teve continuidade com o Vivacity, o Zenith, o Ludix, oV-Clic e o novo Vivacity. Tais modelos, sem exceção, têm se mantido no “top 5” de vendas nas regiões metropolitanas da França.

A Marca mantém as mesmas ambições para a nova scooter Kisbee, que completará uma gama composta atualmente pelos modelos Ludix, V-Clic e Vivacity. Suas prestações, especialmente completas, despertarão o desejo de um público misto, que busca um meio de transporte simpático, confiável e prático para os pequenos trajetos do dia a dia.

Moderna e dinâmica, a Kisbee recebe uma nova motorização de 4T (quatro tempos), uma tecnologia limpa e econômica: seu reduzido consumo de 35 km/l permite uma considerável autonomia de 200 km, e seu reservatório tem capacidade para 6,5 l. No total, foram incorporadas oito melhorias a esta motorização, proporcionando melhores prestações e mais prazer de condução:

– novo cárter motor;
– novo cabeçote;
– novo pistão, mais leve;
– novo conjunto de bielas;
– novo filtro de ar;
– novo escapamento;
– carburador com aquecedor;
– nova transmissão.

Estilo

A Kisbee será disponibilizada em quatro opções de cores vivas e brilhantes – azul (Celest Blue), laranja (Coral Orange), branco (Polar White) e preto nacarado (Pearl Black), a fim de envolver seu estilo particularmente valorizado e dotado de um nível de acabamento impecável: ótica cromada, rodas de alumínio, pequeno para-brisas pintado, alça do passageiro em alumínio, entre outros detalhes. Assim, a Kisbee redefine os padrões da scooter de entrada de gama.

Funcional e de fácil utilização, é marcada pela distinção tanto por seu peso (85 kg) como pela sua capacidade de carga de série. Seu bagageiro, de volume impressionante para a categoria, pode comportar de modo integral qualquer modelo de capacete. Além disso, é capaz de transportar objetos volumosos em seu piso plano, bastante útil. Possui ainda ganchos para pendurar bolsa ou mesmo um segundo capacete e, para os mais exigentes, oferece como opcional um top-case adicional de 30 ou 34 l.

Agradável de dirigir, a Kisbee é ágil e ligeira em qualquer circunstância, sem descuidar do conforto e da segurança. Sua ergonomia, muito bem elaborada, permite acolher pessoas de qualquer estatura – possui cerca de 45 cm entre o assento e o piso plano, proporcionando uma postura de condução natural e relaxada.

A nova scooter Peugeot é dotada também de um assento macio que define os lugares dos dois passageiros e, sobretudo, conta com apoios escamoteáveis para os pés – exclusivos na categoria, que aumentam consideravelmente o conforto.

Em relação à segurança, as rodas de 12 polegadas otimizam a manutenção da direção de forma significativa e o freio de disco de 170 mm garante a tranquilidade necessária. A Kisbee recebe ainda um indicador sonoro de pisca-pisca, um equipamento nem sempre encontrado mesmo em scooters de alta gama.

Anunciada ao preço competitivo de 1.199 euros, a Kisbee oferece um considerável nível de prestações e já se situa como um dos futuros protagonistas no mercado de 50 cm3, aspirando fazer parte rapidamente do “top 5” europeu, mas pelo visto vai entrar pro top 5 do CQC

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

kasinski passa a Traxx e se torna a 6ª no ranking de motos do Brasil

Nova planta da fábrica da Kasinski em Manaus

A Kasinski já ocupa a 6ª posição no ranking nacional em número de motocicletas emplacadas no mês de julho. A fabricante ultrapassou a concorrente Traxx.

Com uma média de 57 motos emplacadas diariamente, a Kasinski superou a Traxx – com média diária de emplacamento de 44 unidades – e passa a ocupar a 6ª posição no mercado.

Os dados, referentes a julho, são da Fenabrave — Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Os modelos de maior destaque em emplacamento são a WIN 110 e a Mirage 150.

Sob a gestão da CR Zongshen do Brasil, holding nacional do Grupo Zongshen, a Kasinski inaugura uma nova fábrica neste semestre, em Manaus, com capacidade instalada para 110 mil motos/ano. A unidade deverá gerar cerca de 300 empregos diretos.

Ainda em 2010 a empresa iniciará a construção de um complexo industrial, também em Manaus, que deve entrar em operação em 2012.

Fonte: Automotive Business

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

%d blogueiros gostam disto: