Arquivo

Posts Tagged ‘carros velozes’

Concessionárias da Mitsubishi começam as vendas do modelo Lancer Sportback Ralliart

outubro 21, 2011 Deixe um comentário

A Mitsubishi deu início as vendas do seu recente lançamento, o  Lancer Sportback Ralliart, nas concessionárias da marca. Ainda não se sabe efetivamente o que vai acontecer com o preço do carro após a decisão do STF divulgada hoje e que prorroga até dezembro o início da cobrança adicional de IPI para os importados fora da Argentina, Uruguai e México.  Até ontem o valor do carro era de  R$ 149.990. O preço é menor que o do Lancer Evolution X, à venda no país até ontem por R$ 209.990.

O Lancer vem do Japão, assim como o ASX, o Outlander e a Pajero Full, portanto ainda nos meses de Outubro até dezembro terão uma trégua nos preços praticados.

Versão Sportback do Lancer tem motor de 250 cv

A montadora descreve o carro como sendo a junção de “performance de um veículo esportivo” com “o conforto de sedã”. A Mitsubishi deve lançar ainda neste mês outra versão do Lancer. A entrada no segmento de sedãs já era prevista desde abril, quando a montadora japonesa anunciou novos planos para o Brasil, incluindo aumento da produção em Catalão (GO), onde, no ano que vem deve começar a fabricar também o crossover ASX, e a construção de uma fábrica de motores. Atualmente são produzidas no país as linhas Pajero, com exceção do modelo Full, e L200, ambas no segmento off-road, onde a marca abriu espaço no mercado brasileiro.


O Lancer Sportback leva o “sobrenome” Ralliart, que é a divisão esportiva dos veículos de alta performance da Mitsubishi. Ele é equipado com motor de 2.0 litros a gasolina, que desenvolve 250 cavalos de potência e 35 kgf.m de torque, combinado com câmbio automático de seis velocidades com dupla embreagem. Segundo a ficha técnica, o sedã vai de 0 a 100 km/h em 71, segundos e tem velocidade máxima de 220 km/h.

Sportback mantém elementos do Evolution X, como a grade frontal

O bloco é um quatro cilindros, de alumínio, com turbo intercooler de alta performance. Ele utiliza um sistema desenvolvido pela Mitsubishi com 16 válvulas acionadas por duplo comando. A transmissão é a mesma do Evolution X, com opção de condução “Normal” ou “Sport”. O motorista pode optar por fazer as trocas ao volante, utilizando paddle shiffters. O sistema de tração é integral.

No visual, o Sportback tem elementos característicos do Evolution X, como a grade. O capô de alumínio tem entrada de ar para refrigeração da turbina e dois extratores de ar quente. O aerofólio traseiro fica na mesma linha do teto e, de acordo com a montadora, seu ângulo foi ajustado para aproveitar ao máximo o fluxo de ar e reforçar a estabilidade do veículo. O sedã vem ainda com faróis bi-xênon direcionais e rodas de 18 polegadas (pneus 215/45 R18).

De série, carro vem com ar-condicionado e sistema multimídia

O interior conta com bancos e volante em couro preto, pedais de alumínio, sistema multimídia com GPS integrado em português, sensor de estacionamento e câmera de ré. O carro vem ainda com 10 airbags (2 frontais, 2 laterais, 4 de cortina e 1 de joelho, para o motorista), freios ABS e sistema EBS (que distribui a força de frenagem os eixos), auxiliar de partida em rampa, sensor para limpador de para-brisa e acendimento de farol, e trava elétrica.

A capacidade do porta-malas é de 450 litros, informa a montadora. A garantia é de 3 anos, sem limite de quilometragem. Serão oferecidas sete cores de pintura.

Anúncios

Opel Insignia na Alemanhã poderá chegar a 270 Km/h sem limitador de velocidade de fábrica

A Opel, divisão européia da GM americana anunciou a oferta de uma nova opção para o Insignia OPC, a versão mais esportiva de seu sedã. Trata-se da Unlimited, que remove o controlador de velocidade que equipa o veículo, conforme pacto assinado entre as fabricantes alemãs (à exceção da Porsche). Agora, o três-volumes pode chegar a 270 km/h, ante os 250 km/h limitados eletronicamente até então.

Com a novidade, o Insignia OPC obtém um ganho de 8% na velocidade final. Por isso, a Opel oferecerá um curso de pilotagem aos compradores do modelo, para que possam “domar” o sedã. Além disso, eles conhecerão a fundo o que a mudança significa, como comportamento mais arisco, pneus mais desgastados, entre outros fatores.

Tradicionalmente, as empresas alemãs criam carros potentes para poderem rodar pela Autobahn, a famosa autopista germânica que cruza o país com faixas sem limitação de velocidade. Para reduzir acidentes, o governo pediu que as fabricantes assinassem um termo para limitar eletronicamente seus produtos a 250 km/h. O acordo foi feito entre Audi, BMW, Daimler, Opel e VW, mas a Porsche não entrou no acordo. Ainda assim, as marcas oferecem versões além desta limitação, para dar a opção ao comprador, como aconteceu agora.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Matheus Q.Pera do Auto Diário

Lamborghini apresenta a edição limitada da Sesto Elemento, modelo de U$ 3,4 milhões

novembro 13, 2010 2 comentários

A Lamborghini deve começar a produzir uma edição limitada do Sesto Elemento, modelo feito com fibra de carbono, o mais leve da marca italiana, que vai substituir o Murciélago.

Segundo informações do site francês AutoMoto, serão fabricados de 7 a 10 unidades do modelo, que pesa 999 kg e foi apresentado como conceito no Salão de Paris 2010.

Com motor 5.2 V10, usado no Gallardo Superleggera, o Sesto Elemento tem 562 cv de potência e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos.

Por causa da força – segundo a fabricante a velocidade máxima passará dos 300 km/h – o Sesto é equipado com tração integral e diferencial autoblocante nas rodas traseiras.

O Lamborghini Sesto Elemento, cujo nome é derivado da tabela periódica de elementos, terá preço de US$ 3,44 milhões.

Será que algum deles virá para o Brasil?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em:

 

 

Versão final do carro mais rápido do mundo – Bugatti Veyron 16.4 Super Sport

agosto 20, 2010 1 comentário

Depois de mostrar vários modelos com diversas cores e padronagens A Bugatti revelou a versão final do Veyron 16.4 Super Sport, e por mais que possa parecer impressionante, um modelo ainda mais potente do que o original.

O bloco 8.0 W16 viu a sua potência aumentar para os 1200 cv e o binário para os 1500 Nm. Os novos valores tornam possível atingir uma velocidade máxima de 431 km/h – valor registado no Livro de Recordes do Guiness, mas que, está limitada a 415 km/h.

A produção do Super Sport, será limitada a apenas 40 unidades e terá incício dentro de 2 meses. Os primeiros cinco modelos serão vendidos como edições especiais, denominadas World Record Edition, e já foram vendidos.( como é bom ter dinheiro hein)

As fotos falam por si….

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Mustang Boss 302 com motor V8 5.0 litros é apresentado pela Ford

A Ford apresentou imagens de um mimo que muita gente gostaria de ter. Nada mais é do que uma nova versão do modelo Mustang Boss Laguna Seca 302 de competição produzido entre 1969 e 1970, com nada menos que um motor V8 5.0 litros com 28 cavalos a mais de potência e 440 cv.

O Boss 302 foi totalmente inspirado no modelo original e traz novos para-choques, grade, saias laterais e rodas de 19 polegadas. As cores, laranja, branco, azul, amarelo e vermelho, também remetem ao carro da década de 60.

As alterações na carroceria melhoraram a aerodinâmica do carro que traz sob o capô o motor V8 5.0 que recebeu novos coletores de admissão e de escape e garantiram 28 cv a mais de potência, totalizando 440 cv.

Para aumentar ainda mais a pegada do esportivo, a relação de marchas foi encurtada, a suspensão foi ajustável e o modelo ganhou sistema de freios da Brembo.

A cabine também traz o espírito de competição, com assento de corrida, barras de proteção no lugar dos bancos traseiros, revestimento em Alcantara e novo acabamento das portas. De acordo com a Ford a edição é limitada, mas a fabricante não informou quantas unidades da versão especial serão produzidas.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Bugatti quer chegar num supercarro com 1200 cavalos com modelo Sang Dargent

Bugatti Veyron Sang Dargent - exibida em 2009

A potência de 1001 cavalos parece já não chegar para o Bugatti Veyron e os responsáveis desta marca estudam a possibilidade da segunda geração do super-desportivo disparar para os… 1200 cavalos!

O aumento de potência assume-se como «necessário», considerando que a concorrência aumenta a cada dia, e o título de carro mais rápido do mundo de produção pode ficar pra trás…

Recentemente, Ferdinand Piëch responsável por tirar o Bugatti Veyron do papel, fez uma nova alusão ao lançamento de um Veyron com 1200 cavalos de potência durante uma palestra na Universidade de Tecnologia de Viena, capital da Áustria.

Piech não adiantou nenhum  detalhe adiconal sobre o projeto, no entanto, se há alguém que saberá da existência ou desenvolvimento de um super-Veyron é precisamente o anterior Presidente do Grupo Volkswagen.

Tirar mais 200 cavalos do motor W16 de 8 litros com quatro turbos não parece impossível. Mas será viável para um veículo cujo objetivo é circular exclusivamente na estrada com um elevado nível de conforto e requinte?

Que venha a velocidade da luz para os carros… aliás quando está previsto para que eles comecem a voar de verdade mesmo?

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Ferrari F458 Italia tem data certa para ser apresentada no Brasil – 20 de abril

abril 17, 2010 1 comentário

Sonho de consumo para muitos, deleite inenarrável para muito, muito poucos

Chegamos ao final de semana e com ele a continuidade das boas notícias sobre o mercado automotivo.

Eis que na semana do feriado de 21 de Abril teremos uma presença ilustre em terras tupiniquins.

Será apresentada oficialmente o mais recente lançamento da  Ferrari com preço na casa do milhão. A Via Italia, importadora oficial da marca – e também da rival Lamborghini – marcou para a próxima terça-feira, dia 20, o lançamento no Brasil da 458 Italia, a sucessora da F430, principal bólido da marca.

Ousada, a Ferrari 458 Italia chama a atenção pelos enormes faróis com leds enfileirados e as belas curvas da carroceria. Mas a Ferrari focou em outro aspecto, a eficiência do modelo. Por isso, além de mais leve que a F430, a 458 consome menos combustível e emite menos poluentes, claro, para um superesportivo.

O motor é um V8 de 4.5 litros de 577 cv de potência a 9 000 giros e 55 kgfm a 6 000 rpm e o câmbio manual de dupla embreagem e sete velocidades. Os números são respeitáveis: 325 km/h de máxima e 0 a 100 km/h em 3,4 segundos.

Preço? Não, a Via Italia guardará para o evento, claro, mas dá para chutar alto, beirando os R$ 2 milhões. E pensar que na Inglaterra ela saia por um quarto disso.

Gostou? veja mais informações no momento de seu lançamento no Salão de Frankfurt 2009… clique aqui

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

%d blogueiros gostam disto: