Arquivo

Archive for the ‘Autos Carros Chrysler’ Category

Conheça a Crossover Durango da Chrysler que poderá ser mais modelo que chega ao Brasil nos próximos meses

Dodge durango que poderá ser vendida no Brasil em breve detalhes da traseira

Segundo apurado em alguns blogs da área como o MotorDream, as investidas no país da Chrysler após ter sido adquirida pela Fiat parecem que devem começar a gerar novos frutos em menos tempo do que se imagina.

Com a boa receptividade da Journey e as mudanças no modelo Jeep Grand Cherokee em solo nacional, a bola da vez será o novo Durango, um SUV que será rebatizado de Crossover no mercado nacional, poderá ser visto em breve no Salão do Automóvel de São Paulo 2012 em outubro.

Dodge durango que poderá ser vendida no Brasil em breve detalhes da frente

SAIBA MAIS SOBRE A NOVA DURANGO QUE SERÁ MOSTRADA NO SALÃO DO AUTOMÓVEL DE SÃO PAULO EM OUTUBRO DE 2012 E CLIQUE AQUI PARA VER ESTAS NOVIDADES DIRETAMENTE NO BLOG CONTAGIROS

Anúncios

Chrysler traz de volta ao Brasil o sedan de Luxo 300C, agora com motor V6 e câmbio de 8 marchas

Novo chrysler 300c 2012 V6 8 marchas começa a ser vendido no Brasil

Parece mesmo que a compra da Chrysler  pela Fiat fez muito bem a empresa e reacendeu a visibilidade da marca que durante muito tempo andou abandonada no país após sua saída na década de 70. Alguns modelos como a Dodge Journey  fazem um sucesso razoável e tem balizado a marca no sentido de trazer mais novidades, caso do que está acontecendo com o modelo de luxo 300C.

Foram mais de 2 anos que o modelo ficou fora do mercado. desta vez o carro virá diretamente da fábrica da empresa em Brampton, no Canadá. A versão 2012 começará a ser vendida a partir de R$ 179.900.

Segundo a Chrysler a expectativa de vendas do modelo é de cerca de 700 unidades do modelo até o fim do ano. Algumas modificações foram muito significativas A principal mudança externa ocorreu na grade dianteira. O 300C traz agora o novo motor V6 a gasolina de 3,6 litros e 286 cavalos, utilizado também em outros modelos do grupo Chrysler como o Dodge Journey e o Jeep Grand Cherokee.

Novo chrysler 300c 2012 V6 8 marchas começa a ser vendido no Brasil foto do motor

VEJA MAIS FOTOS E INFORMAÇÕES TÉCNICAS DO MODELO 300C DA CHRYSLER DIRETO NO BLOGO OFICIAL DO CONTAGIROS

Novo Sedan Dodge Dart da Chrysler pode vir para o Brasil em breve

abril 18, 2012 1 comentário

 

Chrysler dodge dart 2013 detalhe traseira

A Fiat juntamente com a Chrysler, marca que faz parte agora do conglomerado do grupo italiano divulgaram finalmente os preços que serão praticados no mercado americano para o novíssimo Dodge Dart. Para os saudosistas, não se enganem, a única semelhança com o modelo vendido no Brasil a quase 40 anos é o nome. De barca e excesso de ferro e consumo de combustível ele não herdou nada do passado.

Muito antes pelo contrário, agora o modelo da Chrysler se tornou um  sedã médio e se estivesse sendo vendido no Brasil seria um forte concorrente de Chevrolet Cruze, Honda Civic e Toyota Corolla. A vinda dele para o Brasil até poderia se tornar uma realidade visto que a marca hoje com o Linea não tem tido muito sucesso e o apelo do Dart pela Chrysler seria fundamental.

Nos EUA onde a montadora divulgou os preços esta semana, a  versão de entrada, SE, tem preço sugerido de US$ 15.995 (cerca de R$ 29.500). O Dart mais completo tem tabela de US$ 22.495 (aproximadamente R$ 41.600). Ou seja mesmo dobrando os valores por aqui ainda seria competitivo.

Veja mais fotos e informações sobre o novo Sedan Dogde Dart diretamente no blog do Contagiros

Novo 300 C da Chrysler chega com novidades ao segmento de sedã de luxo e preço sugerido de 179 mil reais

fevereiro 15, 2012 Deixe um comentário

Um carro renovado e que mais uma vez vai voltar a chamar atenção. Com esta definição o novo modelo 300 C da montadora Chrysler volta ao mercad. Suas dimensões impressionam, são 5,07 metros e motor V6 de 3,6 litros e 286 cv. O carro foi reestilizado e tem preço sugerido de R$ 179.900.

Caro, é claro por conta do aumento do IPI, mas por outro lado completíssimo. A versão atual tem câmbio automático de oito marchas, interior de couro, teto solar, ar-condicionado com controle digital e duas zonas distintas de temperatura, bancos com ajuste elétrico, ventilação e aquecimento na dianteira. O banco traseiro também utiliza aquecimento.

Os ajustes elétricos dos retrovisores e do banco do motorista têm memória. O sistema de som vem com nove alto-falantes, controles no volante, 506 watts e facilidades como entradas auxiliares e conexão Bluetooth. Além dos itens de segurança esperados nessa categoria, como airbags (dianteiros, laterais e de cortina), freios ABS e controle eletrônico de estabilidade, o Chrysler 300C vem também com monitoramento da pressão dos pneus.

O sucesso de quem dirige fica por conta da montadora, afinal vai ser impossível passar desapercebido por uma barca dessas!

Abaixo, mais imagens deste incrível modelo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:

Números do mercado americano. O que esperar do Salão de Detroit 2012?

O mundo está em crise, pelo menos é o que jornais, revistas e a web mostra, mas apesar disso o mercado americano parece estar suspirando e tentando dizer o contrário no caso das montadoras tradicionais da terra do tio Sam.

No total as vendas de carros nos Estados Unidos devem somar 13 milhões de unidades, em taxas anualizadas, depois de quatro meses de crescimento constante. A estimativa é da JD Power e LMC Automotive. Porém uma parte do mercado entende que  que boa parte das vendas de dezembro se deu por conta da iniciativa de compradores que haviam adiado as aquisições e, portanto, pode indicar solavancos nos próximos meses.

Ford Mustang Mach 1 exposto em 1967 no Salão de Detroit

A TrueCar prevê que em 2011 as vendas de carros nos EUA chegarão a 12,8 milhões de unidades (aumento de 10,3 % a partir dos 11,6 milhões de 2010) e antecipa que os maiores ganhos serão obtidos pela Hyundai Motor (40%) e Chrysler (34%). A empresa observa que as vendas totais no país já atingiram 17 milhões de unidades em anos recentes. Para 2012, a projeção é de 14 milhões.

Falando de Detroit e do Salão do Automóvel 2012

As três grandes montadoras localizadas em Detroit registraram desempenho expressivo em 2011, enquanto as japonesas enfrentaram dificuldades a partir do terremoto seguido de tsunami no país de origem. A Edmunds informou que a General Motors deve dominar 19 % do mercado norte-americano em dezembro, obtendo crescimento de 5% em relação a 2010. A Ford pode avançar 8% e ficar com 17% de participação, seguida da Toyota, com 14% (queda de 3%).

Com um humor melhor espera-se que a partir de 9 de janeiro quando as portas do North American International Auto Show (Naias) forem abertas ao grande público,  as 50 marcas que estarão por lá colocarão mais de 500 carros durante os 12 dias de evento.

São esperados cerca de 750 mil pessoas visitem o centro de exposições a partir do dia 14, quando o salão será aberto ao público geral, até o dia 22.

Segundo Bill perkins, presidente da NAIAS 2012, “O programa deste ano vai educar, entreter e surpreender”,
Na sexta-feira, 13, acontece o Charity Day, uma recepção de gala na exposição de veículos, regada a champagne, que arrecada fundos para instituições de caridade da região de Detroit. O evento arrecadou mais de 84 milhões dólares desde que foi criado em 1976.

As principais marcas do mundo estarão presentes: Acura, AMG, Audi, Bentley, BMW, Buick, Cadillac, Chevrolet, Chrysler, CODA Automotive, Dodge, Falcon Motor Sports, Fiat, Ford, GMC, Honda, Hyundai, Infiniti, Jeep, Kia, Lexus, Lincoln, Maserati, Maybach, Mazda, Mercedes-Benz, Mini, Nissan, Porsche, Ram, Scion, Shelby American, Smart, SRT, Subaru, Tesla, Toyota, Vehicle Production Group, Volkswagen e Volvo.

Veja abaixo o que esperar de algumas marcas presentes no Salão de Detroit 2012

A versão apimentada do compacto Sonic, que carregará a sigla RS, será uma das novidades. O modelo ganhou linhas mais esportivas e será puxado pelo motor Ecotec de 1,4 litro turbo, de 138 cavalos. O Sonic RS tem duas opções de câmbio, manual e automático, ambas de seis velocidades. O tom esportivo é garantido pela suspensão rebaixada, novo kit aerodinâmico, spoiler, saia traseira com saídas de escape cromadas e rodas de liga leve. Por dentro, o Sonic RS também remete à esportividade. O interior escuro, com couro preto, é realçado pelas costuras vermelhas e a sigla RS estampada nos bancos.


Um carro sofisticado, chique e porque não dizer, para quem pode! Trata-se do  New Continental 2013 nas versões GT e GTC V8. A novidade é a motorização 4.0 V8 bi-turbo é 40% mais eficiente em relação ao consumo de combustível e na redução de emissões de CO2. Ele é capaz de oferecer potência máxima de 500 cv a 6.000 rpm e torque brutais de 67,3 kgfm entre 1.700 rpm e 5.000 rpm. Tudo isso permite que o New Continental acelere de 0 a 100 km/h em 5 segundos, com velocidade máxima de 290 km/h. Em relação ao consumo, a autonomia do carro é de 800 quilômetros com um tanque. Mas para quem quer ainda mais força, a Bentley continua a oferecer o New Continental com o clássico motor 6.0 W12 de 631 cv de potência que já vendeu mais de 50 mil unidades deste seu lançamento em 2003.

O Dodge Dart, da Chrysler, volta a cena, após enorme sucesso de vendas nos anos 60 e 70. O modelo renascerá na forma de um sedã compacto e terá como base o Alfa Romeo Giulietta. O novo Dart se destaca pelo design agressivo (levemente inspirado no Dodge Charger), com faróis alongados que invadem a lateral do carro. Ele terá três opções de motorização: o Tigershark 2.0 de 16 válvulas, o Turbo MultiAir Intercooled Turbo 1.4 de 16 válvulas e o novo Tigershark MultiAir 2.4 16 válvulas de quatro cilindros.

Um dos carros conceitos que a Smart da mercedes deve mostrar no salão de de detroit 2012 é o For-Us. Ele se basea Baseado no Smart Fortwo, a pequena picape usará o mesmo motor que carrega o também conceito Car2go, apresentado ao mundo neste ano e que passará a ser produzido em 2012. Ele utiliza baterias de íon-lítio associadas ao motor elétrico que entrega 74 cv de potência e 13,2 kgfm de torque. A velocidade máxima atingida pelo compacto é de 120 km/h.

A Nissan mostrará o Pathfinder Concept, que antecipa as linhas da nova geração do SUV de sete lugares. A Honda revelará o Accord Concept que mostrará como verá nona geração do sedã japonês. Já a Toyota faz muito mistério sobre o conceito que apresentará nos Estados Unidos. A montadora recentemente soltou um teaser do Toyota NS4 Concept, entretanto não divulgou nenhuma informação do modelo.

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:

O que acha de um Jeep Grand Cherokee 816 cavalos em V8 biturbo, tunado pela Hennessey ?

dezembro 23, 2011 Deixe um comentário

Donos do último Grand Cherokee SRT8 (WK2, lançado este ano) já têm o que planejar para 2012, se pretendem modificar seus SUVs: a Hennessey acaba de anunciar o HPE800.

Por enquanto é só uma ilustração, mas será um jipão de peso: o motor 6.4 V8 Hemi é aumentado para 7.0 e ganha sistema biturbo. Assim, a preparadora norte-americana espera conseguir 816 cavalos de potência e brutais 113,8kgfm de torque. Os números esperados são 0 a 60mph (96km/h) em apenas 3,1 segundos e 1/4 de milha em 10,9 segundos.

Outras modificações incluem upgrades na transmissão e conversor de torque, kit de freios Brembo, suspensão rebaixada esportiva, rodas ultraleves, spoiler dianteiro em fibra de carbono e interior customizado com couro e alcântara. O Grand Cherokee SRT8 HPE800 será limitado a 24 unidades e tem preço fixado de a partir de 235 mil dólares (em torno de R$436 mil).

Fonte: Special Cars

Chrysler decide voltar a fabricar o Viper novamente, mas modelo seria totalmente novo

dezembro 19, 2011 Deixe um comentário

Linha de produção do Dodge Víper em Detroit no início de 2010

Impossível? Em Julho de 2010, a fabricante Chrysler dava a notícia que iria suspender a produção do Víper devido a crise que o mercado havia passado que desde 2008 atormentava as vendas da marca. Mas na época honestamente eu acreditava que ele poderia voltar a ativa, mas talvez sob uma roupagem mais moderna e em sintonia com as grandes marca mundias.

Não deu outra, a marca notícia a alguns dias que o modelo não só voltará, como será reestilizado e sua montagem será feita na unidade de Conner Avenue, em Detroit, a mesma de onde saía. A empresa contratará de volta os 150 funcionários que o montavam. Em vez do logotipo Dodge, ostentará as letras SRT.

Ralph Gilles, atual CEO da Dodge divulgou a imprensa nota sobre o novo modelo. ” devido às suas características incomuns e que precisam ser preservadas – capô do tamanho do Texas, largura generosa, motorista sentado próximo ao eixo traseiro – seria improvável aproveitar uma plataforma já existente”. Mas o executivo deixou  claro que algumas tecnologias da Fiat serão aproveitadas no novo carro.

Qual linha o Dodge Víper deve seguir no modelo 2013, na imagem um misto de italiano com esportivo gringo

Um novo Viper 2012 com certeza seria mais luxuoso e menos selvagem. Ralph Gilles também confirma essa impressão ao dizer que este será provavelmente o primeiro Viper com controles eletrônicos de estabilidade, mais acessíveis às aptidões dos simples mortais. O maciço motor V10 deve ser conservado em sua plenitude, mas possivelmente ganha novas tecnologias, como o premiado sistema de controle de válvulas MultiAir.

Primeiro Víper a ir ao mercado o Viper RT/10, o 1992

Um pouco da história do Víper e como ele veio ao mundo ( segundo a Wikipedia)

O primeiro protótipo do Viper foi testado em Janeiro de 1989. Ele estreou em 1991 com dois modelos de pré-produção, quando Dodge foi obrigado a substituí-lo no lugar do Stealth construído pelos japoneses por causa de reclamações do sindicato United Auto Workers, e foi colocado à venda em janeiro de 1992, como o RT/10 Roadster.

A peça central do carro era o seu motor. Foi baseado no projeto LA Chrysler, que foi um motor de caminhão. A configuração original tornou demasiado e pesado para o uso de carro esportivo, por isso Lamborghini, então propriedade da Chrysler Corporation, renovada V10 de bloco de ferro fundido para o Viper pela reformulação do bloco e cabeça em liga de alumínio. Alguns dentro Chrysler sentiu o design pushrod de duas válvulas, enquanto adequado para a aplicação do caminhão, era inadequado para um carro de desempenho e sugeriu uma reformulação mais abrangente, que teria incluído quatro válvulas por cilindro. Chrysler, no entanto, era incerto sobre os custos de produção do Viper e potencial de vendas e por isso se recusou a fornecer o orçamento para a modificação.

O motor pesava 711 Libras (323 kg) e produzia mais de 405 cv a 4600 rpm e 465 lb ft (630 Nm) a 3.600 rpm, e graças à longa engrenagem permitida pelo motor, desde a economia de combustível. Alguns pequenos pedaços da suspensão foram adquiridos a picape Dodge Dakota. Tinha um peso bruto de 3.284 Libras (1.490 kg) e não tinham todos os auxiliares de condução modernos, como controle de tração e freios ABS.

Em linha reta, o carro fez de 0-60 mph (0–96 km/h) em 4,7 s, completou um quarto de milha em 12,6 segundos e tinha uma velocidade máxima de mais de 164 mph (264 km/h). Seus pneus grandes, permitiu o carro tivesse uma média próxima a 1 g lateral em curvas, colocando-o entre os carros de elite de sua época. No entanto, o carro é trabalhoso para dirigir em altas velocidades, em particular para os trabalhadores não qualificados.

O carro era espartano, embora caracterizado apoio lombar inflável e bancos reclináveis. Junto com a ausência de maçanetas exteriores, o veículo não tinha janelas laterais e um teto. Embora uma suave cobertura superior estava disponível e cortinas laterais de tecido e plástico transparente operados por zíperes poderia ser inserida na porta e mão-aparafusadas quando necessário. Todas essas decisões foram tomadas para reduzir o peso. O carro vem com uma tampa tipo tonneau(é uma capa que é removível e pode ser dobrada) e fitas de vídeo sobre a montagem da capota .Em 1994, Ar- condicionado, foi adicionada como opcional.

%d blogueiros gostam disto: