Arquivo

Posts Tagged ‘Chrysler’

Quais são os “piores” carros dos EUA

Qual é o melhor carro do Brasil? Qual é o pior dos EUA? Será que os carros escolhidos seriam mesmo os piores dos EUA seriam os piores no Brasil.  A General Motors e a Chrysler não devem ter ficado nada satisfeitas com a participação de alguns de seus modelos na lista dos piores carros que rodam nos EUA.

Elaborada pela revista Forbes, a temida relação (2011 Worst Cars on the Road) é feita com base nos estudos do Consumer Reports, que utiliza como critérios o valor de mercado, confiabilidade, consumo de combustível, segurança, custo para o proprietário e pontuação do instituto para veículos novos.

Os modelos Cadillac Escalade, Tahoe Hybrid, Aveo e Colorado – todos da GM – foram citados na relação. Todavia, as situações do Cadillac e do Tahoe foram piores. Enquanto o primeiro obteve poucos pontos nos quesitos segurança e custo, o segundo pecou pelos mesmos problemas além de ser um dos carros menos confiáveis.

A Chrysler foi inserida no rol com o Town & Country 2011, que obteve baixa pontuação quanto à confiabilidade e custo. Já o Jeep Wrangler, o Jeep Liberty, o Dodge Nitro 2011 e o Dodge Dakota foram relacionados pela baixa economia de combustível.

Entre os importados, somente o Nissan Titan, o Smart ForTwo e o Mercedes-Benz S550 foram listados. A surpresa se deu com a Ford, única das grandes montadoras locais a não ser mencionada pela publicação.

Conheça os “campeões” do ano:

– Cadillac Escalade
– Chevrolet Tahoe Hybrid
– Chevrolet Aveo
– Chrysler Town and Country
– Dodge Dakota
– Dodge Nitro
– Jeep Liberty
– Jeep Wrangler
– Mercedes-Benz S550
– Nissan Titan
– Smart Fortwo

Acompanhe as novidades pelo    twitter

Anúncios

Conheça a origem de algumas das marcas de carros mais famosas do mundo

novembro 22, 2010 Deixe um comentário

Alguém adivinha a marca dos carros a frente? Se a marca hoje não é tudo, ela representa o DNA de um carro e traz em si todo um conceito e uma história.

Os emblemas dos fabricantes de automóveis são mais do que simples símbolos de identificação das marcas. Qual seria é o significado das marcas?

A maioria deles traz embutidos diversos aspectos da história da marca, capazes de aguçar a curiosidade dos aficionados por carros.

Os logotipos acompanham o surgimento das primeiras fábricas de automóveis, no início do século passado. Como escuderias, agremiações esportivas e outras associações, os primeiros fabricantes de automóveis não dispensavam um símbolo de identificação do modelo, seguindo uma tradição surgida na Idade Média, como os brasões nobiliárquicos.

Veja o significado dos que mais ficaram marcados na história do automóvel:


Audi: As quatro argolas unidas representam as marcas alemãs que formaram a Auto Union, fundada em 1947. São elas: Horch, Audi, Wanderer e DKW. No dia 1º de janeiro de 1985, a Auto Union passou a se chamar Audi AG, com sede empresarial em Nekarsulm, na Alemanha.

Alfa Romeo: O símbolo é composto pela bandeira com a cruz vermelha (brasão da cidade de milão) e pela serpente devorando um homem (símbolo da família real milanesa). O nome do fabricante italiano, fundado em 1910, é a combinação da sigla A.L.F.A (Anonima Lombarda Fabbrica Automobili) com o sobrenome do engenheiro Nicola Romeo, fundador da marca.

BMW: Representa uma hélice de avião, nas cores azul e preta. Foi criada depois que os irmãos Karl Rath e Gustav Otto conseguiram permissão do governo alemão para produzir motores de avião, em 1917. O primeiro carro a ter o símbolo da marca alemã foi o modelo Dixi 3/15, de 1928. BMW é a abreviatura de “Fábrica de Motores da Bavária” (Bayerische Motoren Werk).

Chevrolet: Diz a lenda que o logotipo em forma de gravata borboleta foi baseado na ilustração do papel de parede de um hotel em Paris onde um dos fundadores da marca, William Durant, teria se hospedado, em 1908. Durant guardou a amostra na carteira para usá-la como símbolo da marca de automóvel que fundou em parceria com o piloto Louis Chevrolet.

Chrysler: A antiga estrela de cinco pontas, formada a partir de um pentágono com cinco triângulos, representa a precisão da engenharia. O logo atual é um escudo com asas, que já havia sido foi adotado entre as décadas de 30 e 50.

Citroën: Os dois “V” invertidos, conhecidos na França como ” Deux Chevron”, simbolizam a engrenagem bi-helicoidal criada pelo engenheiro Andre Citroën, fundador da marca francesa.

Dodge: O búfalo simboliza a cidade de Dodge, localizada no estado de Kansas (EUA), no oeste norte-americano.

Ferrari: O cavalo preto empinado sobre o fundo amarelo era usado no avião de Francesco Barraca, piloto de caça italiano morto na Primeira Guerra Mundial. A pedido da mãe de Barraca, o comendador Enzo Ferrari passou a adotar o emblema em seus carros a partir de 1923.

Fiat: A sigla em letras brancas sobre fundo azul significa Fábrica Italiana de Automóveis de Turim.

Ford: O símbolo oval com a assinatura de Henry Ford permanece quase inalterado desde a fundação da empresa, em 1903. Hoje ele inspira o desenho das grades dos carros da marca.

Jeep: Marca norte-americana cuja origem vem da pronúncia, em inglês, da sigla G.P (General Purpose), utilizada para identificar os modelos destinados a vários tipo de uso.

Lamborghini: O touro que aparece no símbolo dos esportivos italianos é uma homenagem do fundador da marca, Ferruccio Lamborghini, às lutas de touro, pelas quais era fanático. Tanto que os carros da marca (Diablo e Murciélago) têm nomes de touros famosos.

Maserati: O logotipo da marca italiana representa o tridente de Netuno, símbolo da cidade de Bolonha. A fábrica foi fundada em 1919 pelos irmãos Carlo, Bindo, Alfieri, Ettore e Ernesto Maserati.

Mercedes-Benz: A estrela de três pontas representa a fabricação de motores para uso na terra, água e mar. Surgiu depois que Gottlieb Daimler enviou cartão postal para sua mulher, dizendo que a estrela impressa no cartão iria brilhar sobre sua obra.

Mitsubishi: Um diamante de três pontas que remete à resistência e preciosidade. O símbolo veio do nome da marca: “Mitsu” significa três em japonês; “Bishi”, diamante.

Nissan: A moldura azul (cor do céu e do sucesso na cultura japonesa) e um círculo vermelho ao fundo (que representam a luz do sol e a sinceridade) remetem ao provérbio “sinceridade leva ao sucesso”. Nissan significa “indústria japonesa”.

Peugeot: O leão estilizado, que representa a “qualidade superior da marca” e homenageia a cidade de Lion (França), é usado desde 1919. Desde então, o logotipo sofreu sete modificações.

Porsche: São dois brasões sobrepostos – o da região de Baden-Württemberg e o da cidade de Stutgartt (o cavalo empinado), sede da marca alemã. A marca adotou o símbolo a partir de 1949.

Quadrifoglio: O trevo de quatro folhas dos esportivos da Alfa Romeo é o amuleto usado pelo piloto Ugo Sivocci, considerado herói da marca depois de ter morrido em um acidente, em 1923, no circuito de Monza (Itália). A partir daquele ano, todos os carros de corrida passaram a ter esse logotipo na carroceria.

Renault: O losango parecido com um diamante foi adotado em 1925, para sugerir sofisticação e prestígio. Desde então, teve quatro mudanças de visual. O primeiro símbolo, de 1898, eram dois “R”, em homenagem aos irmãos Loiuis e Marcel Renault, fundadores da marca francesa.

Rolls Royce: Os dois “R” do logotipo eram estampados em vermelho. Com a morte de seus dois fundadores, Charles Rolls (1910) e Frederick Royce (1933), as letras passaram a ser grafadas em preto, em sinal de luto.

Saab: Uma das marcas sob controle da GM, a sueca Saab começou a fabricar aviões em 1938. O nome vem de Svenska Aeroplan Akteebolaget. A produção de automóveis começou em 1959. O logotipo circular tem um animal mitológico com cabeça de águia e garras de leão, símbolo da vigilância. O azul de fundo é a cor da marinha.

Subaru: Na língua japonesa, Subaru significa “plêiade” (conjunto de estrelas). Isso explica a constelação adotada como logotipo da marca.

Volvo: O polêmico logotipo da marca sueca (que hoje é controlada pela Ford) é o símbolo da masculinidade. Por esse motivo já foi muito contestado por movimentos feministas na Europa.Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em: 

Veja as 30 marcas internanacionais que estarão presentes no Salão do Automóvel 2010

setembro 22, 2010 Deixe um comentário

Acho justo dar crédito a certas matérias e como a tabela de lançamento de carros do Salão do Automóvel 2010 do site da auto esporte foi uma das mais completas que encontrei na web, decidimos reproduzí-la na íntegra.

Ela foi exibida na semana passada quando a Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva) divulgou os modelos das 30 marcas associadas que estarão presentes no Salão do Automóvel de São Paulo.

Lembrando que a maior feira automotiva da América Latina abre as portas ao público a partir do dia 27 de outubro.

As associadas à entidade expõem mais de 210 veículos no evento, dos quais 70 são lançamentos.Entre as principais confirmações estão o Aston Martin Rapide, a Ferrari 599 GTO, o Porsche Panamera V6 e o Maserati Award Limited Edition. As fabricantes chinesas também serão destaque este ano, com a estreia das novas marcas JAC Motors e Haima. Os modelos desta última devem começar a ser vendidos no mercado brasileiro em março de 2011.

Confira a lista dos modelos confirmados (em ordem alfabética pelas marcas), lembrando que esta lista demonstra apenas os importados:

Aston Martin Rapide V12
Aston Martin Rapide V12 (Foto: Divulgação)
Aston Martin

A grande estrela da marca no salão será o Rapide, o primeiro cupê quatro portas equipado com o motor V12 6.0 de 477 cavalos de potência que já equipa o DB9. O preço sugerido será de R$ 950 mil. No estande estarão presentes também o Vantage V8, DB9 V12 e DBS V12, todos já à venda no Brasil.

Audi A8
Audi A8 (Foto: Divulgação)
Audi

A fabricante alemã trará para a feira o A1, compacto que mira o mercado do Mini Cooper, o  superesportivo R8 Syder, o RS5 e o A8, o sedã de luxo da marca que começa a ser vendido em outubro. Os preços não foram revelados, mas a estimativa é que o A8 custe em torno de R$ 500 mil.

BMW X3 XDrive 35i
BMW X3 XDrive 35i (Foto: Divulgação)
BMW

A marca bavária afirmou que trará o  Active Hybrid 7 e a nova geração do SUV médio X3, que está mais de 8 cm mais comprido, 1,2 cm mais alto e 2,8 cm mais largo do que a geração atual. No Brasil será oferecida a versão XDrive 35i, com motor 3.0 a gasolina de 304 cv de potência máxima e 41 kgfm de força.

Benni Mini
Benni Mini (Foto: Divulgação)
Chana

A chinesa confirmou a estreia do Benne Mini, Alsvin (nas versões hatch e sedan) e a minivan Star. O destaque será a versão compacta do Benne que tem 3,52 m de comprimento e é equipado com motor a gasolina 1.0 de 51 cv. O preço estimado é de R$ 29 mil e inclui ar-condicionado, duplo airbag, vidro e travas elétricas e freios ABS, rádio CD Player e MP3.

Chery QQ
Chery QQ (Foto: Divulgação)
Chery

A também chinesa Chery, que já vende três modelos no Brasil, apresentará no salão o SUV Tiggo automático, Cielo hatch mecânico, Cielo sedan 1.8 automático, S18, S18D, A13A nas versões hatch e sedan e o subcompacto QQ, que mira o mercado do Mille, Ka e Celta e será oferecido por cerca de R$ 20 mil.

Jeep Grand Cherokee 2011
Jeep Grand Cherokee 2011 (Foto: Divulgação)
Chrysler

A linha 2011 do Jeep Grand Cherokee será o destaque no estande da marca norte-americana. O modelo será oferecido no país nas versões Laredo e Limited, ambas equipadas com o novo motor V6 3.6 de 280 cavalos e 35,4 kgfm de torque. Os preços partem de R$ 170 mil. Depois está prevista a estreia do modelo V8 5.7 de 356 cv.

Effa M100 linha 2010
Effa M100 linha 2010 (Foto: Divulgação)
Effa Changhe

A dona do M100 exibirá no evento a linha 2010 do hatch chinês, que agora é fabricado pela Suzuki. O compacto ganhará novos equipamentos de série, como direção elétrica, e terá o preço reajustado. Outra novidade é a picape média Plutos, também feita em parceria com a fabricante japonesa.

Ferrari 599 GTO
Ferrari 599 GTO (Foto: Divulgação)
Ferrari

A fabricante italiana confirmou a presença das suas duas novas “macchinas” no salão. A Ferrari 458 Italia foi apresentada em abril deste ano no Brasil, mas as vendas ainda não começaram. Já o 599 GTO, o carro de rua mais rápido da Ferrari, será visto pela primeira vez no país. A novidade tem 670 cv, acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,35 segundos e chega a velocidade máxima de 335 km/h.

Haima M2
Haima M2 (Foto: Divulgação)
Haima

A Districar, que importa os veículos da sul-coreana SsangYong e da chinesa Chana, passa a representar no Brasil a também chinesa Haima que terá inicialmente quatro modelos por aqui: o Haima 2 (M2), hatch com motores 1.3 e 1.5 e transmissão automática, o Haima 3 nas versões sedã e hatchback com motores 1.6 e 1.8 litro, o sedã Family 1.6 e o SUV S7 com motor 2.0.

Hatch JAC J3
Hatch JAC J3 (Foto: Divulgação)
JAC Motors

A Jianghuai Automobile Co., ou JAC Motors, é mais uma fabricante chinesa que aproveitará o Salão de São Paulo para estrear no Brasil. A marca será representada no país pelo grupo SHC, que é comandado por Sergio Habib, ex-presidente da Citroën. Por enquanto, serão apresentados apenas quatro modelos: J2, J3 (versão Sport e Turim), J5 (incluíndo uma versão híbrida) e o J6.

Novo Jaguar XJ
Novo Jaguar XJ (Foto: Divulgação)
Jaguar

O único representante da marca em seu estande será o novo XJ. A linha 2010 mudou o visual, principalmente a traseira. O sedã de luxo é equipado com motor V8 de 5.0 litros Supercharged que entrega 470 cavalos de potência e permite a aceleração de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos. No mercado europeu os preços variam de R$ 170 mil a R$ 280 mil, sem impostos e taxas de importação.

Jinbei Topic
Jinbei Topic (Foto: Divulgação)
Jinbei

A fabricante chinesa, controlada pela CN Auto, confirmou a estreia de várias novidade no Brasil. A marca, que já vende as vansTopic, terá outras cinco versões do modelo e apresentará ainda a Splendor 7.

Kia Koup
Kia Koup (Foto: Divulgação)
Kia Motors

A sul-coreana Kia Motors já havia adiantado seis novidades que apresentará na feira. Estarão no estande o novo Sportage, o Soul com motor flex, o sedã Cadenza que é sucessor do Opirus, o Optima (a nova geração do Magentis) e o Koup e o Forte, que são as versões cupê e hatch do Cerato, respectivamente.

Koenigsegg CCXR E100Koenigsegg CCXR E100 (Foto: Divulgação)
Koenigsegg

A versão Platinuss Special do  superesportivo CCXR E100, dedicada à Platinuss importadora oficial da Koenigsegg no Brasil, será a atração no estande da marca. O  motor do modelo feito para o Brasil será alimentado 100% por etanol e ganhou 82 cavalos de potência passando para 1.100 cv. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 2,9 segundos e o modelo chega a 415 km/h.

Lamborghini Gallardo Superleggera 2011Lamborghini Gallardo Superleggera 2011 (Foto: Divulgação)
Lamborghini

A Lamborghini terá no salão a Gallardo LP570 4 Superleggera 2011. A nova versão tem 70 kg a menos e 10 cv a mais no motor V10 5.2 que entrega agora 570 cv. Do zero até os 100 km/h, o modelo leva 3,4 segundos. Os preços no país não foram revelados, mas sabe-se que esse será o carro mais caro da marca italiana.

Range Rover Evoque
Range Rover Evoque (Foto: Divulgação)
Land Rover

A marca britânica apresentará no país o Range Rover Evoque, Range Rover Vogue 2011 e o Land Rover Freelander 2. O Evoque, que será apresentado oficialmente no Salão de Paris, será o menor, mais leve e mais econômico Range Rover já produzido. Disponível nas versões 4×4 e 4×2, o modelo terá emissões de CO2 abaixo dos 130 gramas por quilômetro rodado.

Lifan
Lifan (Foto: Divulgação)
Lifan

A Lifan, fabricante chinesa, confimou a estreia da versão automática e elétrica do 620, o sedã 520, um utilitário esportivo e uma van. Das novidades, a que promete ser o grande destaque é o 620, um sedã do porte do Polo Sedan que traz de série ar-condicionado, freios ABS, airbag duplo e faróis dianteiros com LED’s. A estimativa é que o preço fique em torno de R$ 40 mil.

Maserati Awards EditonMaserati Awards Editon (Foto: Divulgação)
Maserati

A Maserati levará para a feira uma edição especial do Quattroporte que foi apresentada no Salão de Genebra. A  Awards Editon tem pintuta em tom pérola, novos cromados na carroceria, rodas de liga leve de 20 polegadas e pinças de freio da marca Brembo. O motor é o V8 4.7 de 439 cv da versão Sport GT S. As vendas no mercado europeu já começaram, mas os preços só são divulgados aos interessados no luxuoso.

Mini Countryman
Mini Countryman (Foto: AP)

Mini

A principal atração da Mini (marca da BMW) – é a versão 4X4 do compacto Mini Cooper, chamada de Countryman.  Apesar de off-road, o interior do modelo traz o mesmo requinte e estilo das outras versões. De diferente está o porta-malas, agora com capacidade para 350 litros. São oferecidos como opcionais sistema de navegação e áudio, teto panorâmico, faróis com regulagem de altura e banco traseiro de três lugares (de série, são apenas dois lugares).

Pagani Zonda R
Pagani Zonda R (Foto: Divulgação)
Pagani

O Pagani irá mostrar em São Paulo o Zonda R e o Cinque. O primeiro é uma versão mais leve e mais rápida do Zonda equipada com motor V12 6.0 de 750 cv e limitada a apenas 10 unidades. A outra é uma versão de rua do Zonda R com propulsor de 678 cv, câmbio sequencial de seis marchas, controle de tração e freios ABS. Os preços são 1,2 milhões de euros e 800 mil euros, respectivamente.

Porsche Cayenne S Hybrid
Porsche Cayenne S Hybrid (Foto: Divulgação)

Porsche

A Stuttgart Sportcar, importador oficial Porsche, confirmou os modelos Panamera V6, Cayenne S Hybrid e o esportivo 911 GT2 RS no estande da marca alemã. O principal destaque é o modelo híbrido, equipado com um motor a combustão V6 3.0 com supercompressor e 333 cv de potência, combinado a um motor elétrico de 47 cv. Dependendo das condições, os motores podem funcionar de forma independente ou em conjunto.

Spyker C8 Aileron Coupé
Spyker C8 Aileron Coupé (Foto: Divulgação)
Spyker

Depois de apresentar o C8 Laviolette e C8 Spyder, a marca holandesa Spyker traz para o Brasil o C8 Aileron Coupé, que tem a carroceria em alumínio mais larga, entreeixos mais longo e motor central. O propulsor é um V8 4.2 litros de 400 cavalos de potência.A velocidade máxima é de 300 km/h. Os preços ainda não foram revelados, mas devem ser superior aos R$ 1,1 milhão e R$ 1,5 mi cobrados pelos carros que já estão aqui.

Ssangyong Korando CSsangyong Korando C (Foto: Divulgação)
SsangYong

Para se recuperar da crise que quase a levou à falência, a sul-coreana investe no segmento de crossovers e apresenta o Korando C ao mercado brasileiro. A SsangYong divulgou poucas informações sobre o modelo, mas ele contará com tração 4×2 e 4×4 e motor 2.0 turbo diesel de 173 cavalos de potência. O Korando C vai concorrer com os também sul-coreanos Hyundai Tucson e ix35.

Volvo S60
Volvo S60 (Foto: Reuters)

Fonte: Auto esporte

Volvo

Os lançamentos da marca sueca no Brasil são o S60, o C30 – R-Design e o XC60 – R-Design. O maior destaque é o luxuoso sedã S60. Seu principal atrativo não é a nova geração de motores 3.0 de 304 cavalos, mas sim o avançado sistema de segurança que detecta pedestres, para evitar atropelamentos. O sistema identifica as pessoas que passam na frente do carro e alertam o motorista.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em:

Vídeo interessante com protótipos de carros futuristas

Este post é bem curto, mas interessante. São 4 minutos com alguns protótipos de carros do futuro, ecológicos e de algumas montadoras mais conhecidas do mundo como Volkswagen, Ford, GM, Porsche, Masserati, Chrysler, Audi, além de algumas motos muito bem feitas… a imaginação do ser humano não tem limites. Em outro vídeo mais antigo, a mesma sensação de carros futuristas e muitos protótipos, até uma espécie de avião da Ferrari.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Fiat poderá ter até 125 pontos de vendas nos EUA com ajuda da Chrysler

julho 8, 2010 1 comentário

A Chrysler anunciou ter iniciado o processo de seleção para constituir a rede de concessionários da Fiat nos Estados Unidos. Em nota, a gigante norte-americana informou que a meta é chegar a 41 estados da Federação local em um primeiro momento. As vendas da marca italiana por lá se iniciam no fim do ano, com o lançamento do 500.

O conversível 500C será o segundo a chegar, já no começo de 2011.

Segundo informações oficiais, a rede de lojas da Fiat será estruturada de maneira independente à da Chrysler. Também contará com distribuição exclusiva. Serão 125 pontos de venda iniciais. Caso algum revendedor da gigante norte-americana tenha interesse em comercializar os carros italianos, também poderá fazê-lo. No entanto, precisará de instalações separadas para isso.

Para fazer um parelelo seria bem semelhante ao processo que acontece no Brasil com as marcas Nissan e Renault, onde na maioria das vezes as concessionárias funcionam uma ao lado da outra, mas normalmente com os mesmos proprietários.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Alíquotas de importação de carros produzidos nos EUA pode chegar a 50%

Malibu da Chevrolet poderá sofrer com a medida pois a marca tinha planos no Brasil para ele

Os produtores de algodão dos Estados Unidos podem encarecer o valor dos carros produzidos no país e vendidos no Brasil. O reflexo um tanto improvável se tornou realidade por causa do subsídio que o governo americano forneceu aos seus agricultores e que prejudicaram a venda do algodão brasileiro.

Julgada pela OMC, a Organização Mundial do Comércio, a reclamação brasileira foi considerada justa e com isso o governo do presidente Lula pode retaliar produtos importados dos Estados Unidos.

Para não prejudicar o setor produtivo, máquinas e outros equipamentos foram deixados de lado. Em seu lugar, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior optou por aumentar a taxação de produtos de luxo, entre outros específicos.

E os automóveis importados estão entre eles. Curiosamente, quase nenhum carro  vem do país devido ao custo de produção local. Das marcas americanas, apenas a Chrysler traz os modelos Cherokee e Town & Country. Quem tem mais a perder mesmo são os alemães. Mercedes-Benz e BMW produzem lá os utilitários esportivos ML, GL, X5 e X6.

Caso não surja um acordo em 30 dias, a alíquota pulará dos já absurdos 35% para 50%. A medida tem prazo de um ano de duração e pode prejudicar a importação do sedã Malibu que a Chevrolet há algum tempo planeja fazer.

A resolução da Camex, a câmara de comércio exterior, no entanto, surpreende por incluir entre a lista de produtos atingidos os “Automoveis c/motor explosao,cil<=1000cm3”. Ou seja, populares importados dos Estados Unidos. Pelo jeito, quem definiu a lista não sabe que os americanos abominam carros fracos que dirá com motor 1.0 litro – para eles isso é motor para cortadores de grama.

Porque o governo não faz o contrário… reduz impostos de carros produzidos no Brasil e força os países dito de 1 mundo a produzir carros por aqui… mais fácil não…

Fonte: Fastdriver

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Montadoras Fiat, Chrysler, GM, Audi e Volkswagen promovem ações de ajuda as vítimas do Haiti. Saiba como você pode ajudar também

janeiro 22, 2010 Deixe um comentário

Chrysler 300 Eco Style com mais de 300 assinaturas que será leiloado para ajudar as vítimas do Haiti

Após vários tremores no Haiti, o último sentido ontem (20) com magnitude de 6.1 na escala richeter, Fiat, Chrysler, GM, audi e Volkswagen se ofereceram para ajudar financeiramente as vítimas do terremoto tanto por doações quanto por arrecadações de fundos com leilões e amistosos.

A Fiat irá doar de início uma quantia de US$ 250 mil de um total de US$ 1 milhão além de se deixar a disposição recursos e apoio técnico para ajudar organizações humanitárias e a população local.

No caso da GM, ela disponibilizou uma quantia de US$ 100 mil para a Cruz Vermelha americana, que também está na força tarefa de ajuda no salvamento das vitimas do terremoto. Além disso a GM passou um comunicado em todo o grupo para que seus funcionários também possam contribuir financeiramente em prol do mesmo motivo.

Já a Chrysler irá levantar fundos leiloando alguns Chrysler 300C Eco Style. A iniciativa partiu do CEO do grupo, Oliver François, que leiloará o seu 300C ecologicamente correto. O carro conta com a exclusividade de ter sido autografado por mais de 300 celebridades durante a 67ª edição do Globo de Ouro. Além do 300C Eco Style do CEO da Chrysler, celebridades como Christina Aguilera, Meryl Strip, Felicity Huffmann, Colin Firth, Tom Hanks e Leonardo DiCaprio foram indicados pela Chrysler em conjunto com a ONG Estrelas por uma Causa para doarem seus 300C Eco Style para a mesma causa. A idéia é arrecadar cerca de US$ 5 milhões para ajudar o país devastado.

A Audi e a Volkswagen também irão ajudar o Haiti, ambas as montadoras patrocinam os times de futebol Wolfsburg e Bayern e irão promover um amistoso entre os dois times. A idéia é levantar uma quantia de 1 milhão de euros para ajudar as vitimas do país caribenho. Os dois times europeus ainda informaram que estarão dispostos a complementar a quantia pretendida caso as montadoras não consigam levantar o valor com o amistoso.

Pelo horror que vive a população de lá, essas iniciativas chegam numa hora importante e casos assim merecem ser republicados por todos nós.

Como ajudar as vítimas do Terremoto do Haiti:

Quem quiser ajudar as vítimas do terremoto tem algumas opções. Como costuma acontecer depois de tragédias, podem aparecer sites falsos pedindo doações, então procure doar para instituições reconhecidas por meio do site delas.

A embaixada do Haiti no Brasil recebe doações em dinheiro por meio da conta corrente abaixo. Os recursos serão recebidos diretamente pela embaixada e administrados por ela, segundo o Banco do Brasil. Podem ser feitos depósitos ou transferências de qualquer banco e até mesmo de fora do Brasil para a conta corrente.

Nome: Embaixada da República do Haiti

Banco: Banco do Brasil

Agência: 1606-3

CC: 91000-7

CNPJ: 04170237/0001-71
O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) também recebe doações só em dinheiro. Segundo Silvia Backes, coordenadora do CICV no Brasil, a entidade não recebe outros tipos de doações, como roupas, devido à dificuldade de enviá-las ao país. Ela diz que há uma equipe de ajuda emergencial da Cruz Vermelha saindo de Genebra com toneladas de doações e com equipes de médicos.

Para doar ao CICV, use a conta corrente abaixo:

Nome: Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Banco: HSBC

Agência: 1276

CC: 14526-84

CNPJ: 04359688/0001-51

No caso de doações por meio de transferências bancárias, é preciso acrescentar o código 00200 no campo finalidade.

O Movimento Viva Rio informou que abriu uma conta para receber doações que serão usadas para compra de alimentos, água e medicamentos.

Presente desde 2004 no Haiti, o Viva Rio mantém uma equipe de mais de 400 pessoas trabalhando nos projetos, sendo nove brasileiros. Doações podem ser feitas na conta:

Nome: Movimento Viva Rio

Banco: Banco do Brasil
Agência: 1769-8
CC: 5113-6

CNPJ: 00343941/0001-28

O músico haitiano Wyclef Jean recebe doações para ajudar as vítimas do terremoto por meio de sua ONG, a Yelé Haiti. Para doar, acesse o site do Yelé Haiti, clique em “Donate”, escolha o valor da doação e forneça os dados do seu cartão de crédito.

A ActionAid, organização internacional sem fins lucrativos, também está recebendo doações. Para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, o interessado pode fazer uma doação pelo telefone 0300 789 8525, das 10h até as 18h, de segunda a sexta-feira, ou pelo site da entidade (www.ajudeohaiti.org.br). A doação mínima é de R$ 10.

A Caixa Econômica Federal lançou nesta sexta-feira (15) uma campanha de ajuda às vítimas do terremoto. Os depósitos serão encaminhadas para o Programa Mundial de Alimentação (PMA) da Organização das Nações Unidas (ONU) e para o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assistência Humanitária (OCHA, sigla em inglês).

Doações podem ser realizados em toda a rede da Caixa e não há valor mínimo. Os dados para fazer depósito são os seguintes:

Nome: PNUD – Haiti

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0647
Operação: 003
Conta: 600-1

Informações sobre cidadãos brasileiros no Haiti podem ser obtidas no Núcleo de Assistência a Brasileiros do Itamaraty, nos telefones abaixo:

(61) 3411-8803
(61) 3411-8805
(61) 3411-8808
(61) 3411-8817
(61) 3411-9718
(61) 8197-2284

Fonte: Carangoblog/ G1

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

%d blogueiros gostam disto: