Arquivo

Archive for the ‘Salão de Nova York 2011’ Category

Novo tiida Sedã que foi apresentado no Salão de Nova York 2011 poderá vir para o Brasil

Novo Tiida sedã da Nissan, ou seria Versa? Honestamente parece um mesclado de Corolla com um pouco de carro Coreano. Mas ainda não dá para se ter uma idéia total, pois só vendo o carro ao vivo e a cores é que se pode formar uma opinião definida sobre um modelo de carro.

Assim que a nova geração do Tiida hatch foi apresentada, também foi revelada pela Nissan eis que surge também seu irmão, na versão alongada a sedã,  durante o Salão do Automóvel de Nova York 2011. Esse modelo nada mais é do que o Tiida Sedan, mas com outro nome, que pode chegar aqui no Brasil.

Anteriormente, foi divulgado um esboço por parte da Nissan sobre um novo modelo do Tiida, o que mostrava claramente a versão sedã. Apesar do modelo exibido  na época ter sido bem interessante, com um visual agressivo, não é o que acontece com o visual atual do modelo, que ficou apena um mais moderno, mas a princípio não é lá grandes coisas.

A versão terá um novo motor de 1.6 litros com 4 cilindros, capaz de gerar 109 cv de potência, e um torque de 17.8 kgfm com 4400 rpm. Já o seu câmbio manual é de cinco marchas, se compararmos com a versão atual vendida no Brasil, que tem seis. Mas também terá a opção de câmbio automático CVT.

Como se perder em modelos?

Quando a Nissan exibiu a nova geração do Tiida, a imprensa norte-americana logo apostou que o modelo não conseguiria manter a etiqueta de preço convidativa. Principalmente no caso da carroceria sedã, também chamada de Versa como o hatch, que parte de cerca de US$ 10 mil nos Estados Unidos. Mas a Nissan resolveu o problema: agora o Versa sedã será o Sunny, versão sedã do March/Micra que será produzida no México para abastecer o mercado norte-americano – e também o Brasil e outros países latinos.

inda assim, a mudança não foi o suficiente para segurar o preço, que aumentou em exatos US$ 1 mil, chegando a US$ 10.990. A filosofia de esticar compactos funcionou a contento, com a maioria das medidas mantidas em relação ao Tiida sedã atual, que é baseado sobre a arquitetura B0, que também envolve os compactos Renault Clio (europeu), Logan, Sandero e Livina, só para citar alguns.

A despeito do preço acessível, o novo Versa sedã não abdica dos itens de série, em especial na segurança, que não pode ser descuidada em razão das exigências dos crash-tests. Há ABS com EBD, controles eletrônicos de tração e de estabilidade, além de seis airbags, frontais, laterais dianteiros e do tipo cortina. A motorização fica por conta do 1.6 16V do grupo, capaz de gerar 107 cv de potência a 6 mil rpm e 14,7 kgfm de torque aos 4.400 giros, que pode ser conjugada a um câmbio manual de seis marchas ou automático do tipo CVT, com relações continuamente variáveis.

Os números atuais

No Brasil, apenas citando no último mês de março, a família Tiida bateu seu recorde histórico de vendas e market-share nos dois segmentos em que atua. Nissan Tiida fechou o mês com 8,0% de participação de mercado (carros médios hatch) e o Nissan Tiida Sedã com 4,6% (carros médios sedan). Ao final do primeiro trimestre de 2011, os modelos atingiram um volume de venda de 2.527 e 1.494, ou 840 carros por mês para o modelo Hatch e 500 carros por mês para o modelo Sedã; números muito superiores às expectativas iniciais dos modelos.

Veja abaixo algumas fotos do novo modelo Nissan Tiida ou Versa ou Micra sedã ou sunny adptado….

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros no:


Anúncios

Suzuki Kizashi EcoCharge Concept, o carro ecológico da marca é visto no Salão de Nova York 2011

A Suzuki também trouxe várias novidades para o Salão de Nova York 2011 e está lançando o seu novo modelo, o Kizashi EcoCharge Concept. Em 2009 o primeiro modelo Kizashi foi mostrado por aqui. O sedã agora é um híbrido que possui propulsor de combustão e também um sistema elétrico. A ideia da Suzuki é obter um automóvel de qualidade pensando na conscientização ambiental – dessa forma, o Kizashi economiza até 25% de combustível em relação a sua versão anterior.

O motor funciona tanto com gasolina quanto com as baterias de íon de lítio – a combinação de ambos resulta numa potência maior do carro. As baterias podem ser recarregadas na tomada e o motor elétrico chega a 15 cavalos. Ele possui transmissão de tipo automática, com seis velocidades.

O motor a gasolina é de 2 litros, com 144 cavalos. O Kizashi possui sistema start/stop, para reduzir o gasto de combustível.

A versão nova ainda apresenta faróis dianteiros azuis e faróis de nevoeiro com LED.

Mesmo com a chegada em definitivo da Suzuki no Brasil, não está cogitada a venda do modelo no país, mas quem sabe…

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Mercedes Benz exibe a linha 2012 do Classe E63 AMG, no Salão de Nova York 2011 com motor V8

Mercedes-Benz também lançou novos modelos nos salões. Esta semana mostrou a linha 2012 do sedã esportivo Classe E63 AMG no Salão de Nova York 2011(EUA), que vai até o próximo dia 1º. O carro vem com motor 6.2 de 564 cavalos com o pacote de alto desempenho oferecido pela marca alemã. Trata-se do mesmo V8 que passou a ser instalado na nova geração do modelo CLS 63 AMG, com brutais 71,4 kgfm de torque entre 1.750 e 5.000 rpm. Com tanta força, o sedã é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e atingir 250 km/h, velocidade controlada eletronicamente.

Além dos números de desempenho, o renovado modelo impressiona pela lista de equipamentos, o que inclui controle de estabilidade com três estágios de atuação, além de suspensão ativa com ajuste esportivo e bitola dianteira 56 milímetros mais larga que a da linha 2011. Há também direção cuja assistência funciona apenas quando necessário, câmbio seqüencial de sete marchas, sistema start/stop, entre outros itens. Quando o assunto é visual, as únicas novidades ficam por conta do conjunto de rodas, o volante com base achatada, da alavanca de câmbio reestilizada e dos logos “V8 biturbo” nos para-lamas.

Assista abaixo o trailer do lançamento exibido antes do lançamento oficial:

Siga o Blog Contagiros no:

Ford mostra no Salão de Nova York o Novo Taurus 2013

E para homenagear a aniversariante de ontem, a Ford que completou 92 anos de Brasil,  vamos publicar na sequência alguns lançamentos da marca nos salões que acontecem estes dias em Nova York e Xangai.

A Ford caprichou no powertrain do novo Taurus 2013, que exibe no Salão de Nova York 2011 que começou semana passada, de 22 de abril a 1º de maio. Além de um motor V6 SHO 3,5 L, o carro ganhou um novo EcoBoost 2 L, de quatro cilindros e alto desempenho, combinando injeção direta de gasolina e turbo para produzir 240 cavalos e 34,5 kgfm. O consumo fica na faixa de 13 km/l, explicado pelo fabricante como o menor da categoria.

Já o motor 3.5 V6, convencional, oferece 294 cv graças ao duplo comando de válvulas independente e variável, que promete também ser econômico e reduzir emissões.

O novo Taurus é o primeiro carro da marca na América do Norte com motor 2.0 EcoBoost, cuja presença deve se estender a outros veículos. Hoje, a Ford tem 12 veículos classificados como os melhores da categoria em economia de combustível na região, sendo quatro deles na faixa de 17 km/l, marca não igualada por outro fabricante.

Além da transmissão automática de seis velocidades que acompanha os dois motores, o novo Taurus conta com gerenciamento inteligente de bateria, corte de combustível em desacelerações, compressor de ar condicionado de volume variável, lubrificantes de baixo atrito e direção com assistência elétrica para aumentar a economia de combustível.

Na cabine as inovações de conforto incluem volante aquecido, bancos massageadores para o motorista e o passageiro, botão de partida e sistema de acesso inteligente, farol alto automático com sensores de tráfego, limpadores de para-brisa com ajuste automático de velocidade, câmera de ré de 8 polegadas, vidro traseiro com função de escurecimento ao toque de um botão e assistência de estacionamento. O sistema SYNC com MyFord Touch substitui os botões e visores tradicionais por comandos no volante e telas coloridas de LCD. Os revestimentos e isolações utilizam materiais reciclados e a espuma dos bancos é feita à base de soja.

Segundo a Ford, o carro conta com controle de torque vetorial que aplica uma pequena força de frenagem na roda dianteira de fora quando se acelera em curvas. Praticamente imperceptível para o motorista, esse equipamento é exclusivo na categoria e produz o mesmo efeito de um diferencial antiderrapante. Outra inovação é o controle de frenagem em curvas, que reduz a velocidade se o veículo entra muito rápido numa curva. A frenagem nas quatro rodas diminui a velocidade em torno de 16 km/h no intervalo de um segundo.

O conjunto de segurança inclui estrutura de aço reforçado com boro, controle eletrônico de estabilidade e airbags de cortina com sensor de capotamento. Há ainda controle de velocidade adaptativo com radar, que monitora o tráfego até 182 metros à frente e ajusta a velocidade automaticamente, sistema de monitoramento de pontos cegos e tráfego cruzado e chave MyKey, que permite limitar a velocidade, o volume do rádio e impede a desativação de sistemas de segurança do veículo.

A versão esportiva SHO vem com itens diferenciados de estilo e desempenho, incluindo motor 3.5 V6 EcoBoost de 370 cv com transmissão automática SelectShift de seis velocidades, calibração especial de suspensão e direção, freios especiais e rodas de 20 polegadas. Seu consumo fica na faixa de 10,6 km/l.

http://i.netcarshow.com/ncs_show.swf?c=Ford&m=2013-Taurus

Siga o Blog Contagiros no:

Fiat estréia versão do 500 conversível no Salão de Nova York 2011


A Fiat mostrou neste início de feriado ( no Brasil) e na abertura do Salão de Nova York 2011 a versão conversível do modelo 500, ou Cinquecento, na última quinta-feira (21). O 500C será o conversível de quatro lugares mais barato à venda nos Estados Unidos, custando US$ 20.000 (o equivalente a R$ 31.400 na cotação da última quarta-feira). Será US$ 4.000 mais caro do que a versão tradicional, que acabou de ser chegar às lojas do país e é produzida na planta mexicana de Toluca. O Fiat 500 faz parte do plano da montadora italiana de expandir seu público-alvo, conquistando consumidores fora da Europa.

Para se ter uma idéia do que isso representa, no Brasil é basicamente o preço de um Uno novo, quase pelado.

O modelo conversível  deve começar a ser vendido em maio nos EUA e é equipado com motor 1.4 de 104 cavalos, tendo opção de câmbio manual de cinco velocidades ou automático com seis marchas. O carro terá disponibilizado 14 cores diferentes de pintura e três de capota: preta, marrom e vermelha.

Na última quinta, também no Salão de Nova York,  a Fiat anunciou a compra de uma fatia adicional da norte-americana Chrysler por US$ 1,27 bilhão e agora detém 46% da empresa.

Atualmente, o fundo do UAW tem 59,2% de participação na Chrysler, o Tesouro americano tem 8,6% e o governo federal do Canadá, bem como governos provinciais canadenses, 2,2%. O Citigroup atua como conselheiro da Fiat na transação.

A Fiat espera ter outros 5% da Chrysler sem desembolso de caixa até o final de 2011, se a empresa norte-americana, que precisou de socorro do governo durante a crise mundial em 2009, atingir algumas metas de desempenho.

Em março, no Salão de Genebra 2011 , foi lançado o primeiro veículo feito em parceria entre as duas montadoras, o SUV Freemont. Baseado no Dodge Journey 2011, ele já é vendido na Europa e deve chegar ao Brasil no segundo semestre Também nesta semana a Fiat reforçou que vai voltar a operar com a marca Alfa Romeo no mercado dos Estados Unidos com um novo modelo em 2012.

Fonte: G1.com.br

Siga o Blog Contagiros no:

Malibu versão 2013 da Chevrolet é apresentado ao mesmo tempo nos Salões de Nova York e Xangai 2011

Com vendas um pouco fracas no Brasil ( será que é por causa do preço ou da traseira), a GM mostrou a poucas horas com toda a pompa e elegância digna de modelos bem elaborados, o novo Chevrolet Malibu 2013, este sim totalmente modificado, mais vivo e chamativo. A estréia foi ontem, dia 19 na abertuda para a imprensa de dois salões que ocorrem simultaneamente no mundo e considerados termômetros para o restante do ano, o Salão de Xangai 2011 e o Salão de Nova York 2011 e se transforma na 8 geração do modelo lançado no mercado em 1964. Lembrando que aqui somente a 7 geração é vendida e nunca outros modelos foram vendidos ou mesmo importados oficialmente.

Em breve o novo modelo será comercializado em cerca de 100 países em seis continentes. De acordo com a General Motors, o modelo será vendido também no Brasil, já que a versão atual também é econtrado em quase todas as concessionárias da marca. O carro ganhou design mais expressivo, com traseira inspirada no Camaro, tecnologias avançadas e motores mais eficientes.

Com a apresentação do carro, a Chervolet anunciou ainda que vendeu 1,1 milhão de veículos no mundo no primeiro trimestre deste ano.

Totalmente modificado, o sedã ganha nova plataforma, a mesma do Buick Regal. De acordo com o diretor-executivo de design da GM, Bryan Nesbitt, a mudança completa do modelo tem como objetivo trazer mais esportividade para o sedã médio da marca Chevrolet, assim como foi feito com o Camaro e o Corvette.

O interior também foi renovado com desenhos mais fluidos, como o do painel de instrumento proeminente. O modelo está menor em comprimento, mas está mais largo e mais alto. Segundo a GM, o modelo tem 4,86 m de comprimento, 1,85 m de largura e 1,46 m de altura.

Ele é equipado com duas opções de motorização de quatro cilindros, uma 2.4 Ecotec e outra 2.0 turbo. Além dos propulsores mais econômicos, o veículo vem com transmissões de seis velocidades, que também contribuem para o melhor desempenho do veículo. As características dos motores ainda não foram reveladas, mas a GM estima que os propulsores vão entregar mais de 190 cavalos de potência e 180 kgfm de torque. A fabricante não descarta uma unidade V6 para o futuro.

Nos Estados Unidos, o modelo será vendido nas versões LS, LT e LTZ, com a opção de escolha de 10 cores externas e quatro cores internas.

Produção e vendas nos Estados Unidos começarão no primeiro trimestre de 2012. Detalhes sobre o Malibu europeu e australiano (Holden Malibu), assim como para outros países, serão divulgados futuramente.

Segundo a montadora, mais de 600 mil unidades do Malibu foram vendidas mundialmente desde 2008. O Malibu 2013 será a oitava geração do modelo, que estreou em 1964.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros no:

Novo Beetle 2012 da Volkswagen faz sua estréia em 3 salões ao mesmo tempo

Conforme prometido pela Volkswagen, a nova versão do Beetle foi apresentada ontem  segunda-feira, 18, com eventos em três cidades de continentes diferentes: Xangai, Berlim e Nova York. A renovação do modelo começa pelo nome, que perdeu o ‘New’ e agora é apenas Beetle. Só faltava o New, New Beetle, né.

A terceira geração do clássico Fusca manteve o visual mas buscou ganhar esportividade. O modelo ganhou espaço com 15,2 centímetros a mais no comprimento e 8,4 cm de aumento na largura. A Volkswagen buscou ainda ampliar a personalização do compacto, com oferta de cores e opcionais.

Há três opções de motorização: a gasolina de 2.5 litros, 2.0 litros TDI diesel e gasolina 2.0 TSI turbo. A transmissão é manual de cinco velocidades com opção pelo câmbio automático de 6 velocidades nos modelos 2.5 litros.

O  novo Beetle, estará disponível no mercado a partir do final do ano de 2011.

O novo modelo conta com dimensões distintas do seu antecessor: 1.808 mm de largura (+ 84 mm), 1.486 mm de altura (- 12 mm) e 4.278 mm de comprimento (+ 152 mm). A silhueta também é diferenciada fazendo com que a altura interior disponível nos bancos traseiros  passe de 1,08 metros para 1,04 metros. A porta malas tem uma capacidade de 310 litros, o que equivale a 101 litros adicionais face ao modelo anterior.

Veja abaixo mais algumas imagens do novo VW Beetle, em detalhes:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros no:

%d blogueiros gostam disto: