Archive

Archive for abril \30\UTC 2010

8ª edição do Barretos Motorcycles acontece este final de semana


A partir desta sexta-feira (30), o Parque do Peão de Barretos, espaço oficial dos rodeios e da música sertaneja, sede espaço às motos e ao rock para a 8ª edição do Barretos Motorcycles. Até domingo (2/5), motociclistas de todo o país se reúnem no encontro que mistura adrenalina, shows e manobras radicais. Um prato cheio para quem gosta de esporte, música e é claro MOTOS…

Na sexta (30), a banda CPM 22 abre a sequência de shows do evento. A banda formada por Badaui (voz), Japinha (bateria), Luciano (guitarra) e Fernando Sanches (baixo), se apresenta pela primeira vez em Barretos. No repertório, a banda traz músicas do álbum mais recente e também antigos sucessos como “Regina Let’s go”, “Irreversível”, “Apostas” e “Certezas” e “O mundo Dá Voltas”.

Durante os três dias ainda se apresentam as bandas Kiss Cover, Na Contramão e Rod Hanna (veja abaixo a programação).

O Parque do Peão de Barretos fica no quilômetro 428 da Rodovia Brigadeiro Faria Lima. Os valores dos ingressos variam de R$ 10 a R$ 40.

Motociclismo

O evento traz ainda as melhores equipes de acrobacia em motos do Brasil, como Cachorrão Moto Show, Hot Zero e Neno Cobras Moto Show. Além disso, no sábado (1/5), o Motorcycles recebe o Desafio Internacional de Free Style entre Brasil e Estados Unidos.

Os californianos Wilney Fullmer e Jimmy Fiztpatric e o japonês Takayuki Higashino, o Taka, são os pilotos que vão representar os Estados Unidos no Desafio Internacional de Freestyle que acontece no dia 1º de maio, dentro da programação do 8º. Barretos Motorcylce.

Fullmer tem 23 anos e é da cidade de Chino. Especialista na manobra Beijo da Morte (em que piloto “beija” o paralama da moto), ele é um dos pilotos mais jovens na elite do Freestyle e, aos 16 anos realizava a manobra back flip. Em 2009 ficou entre os cinco melhores pilotos de freestyle dos EUA .

Já o japonês Takayuki “Taka” Higashino tem 24 anos e é natural de Osaka. Atualmente ele reside em Temecula, na Califórnia e participa de campeonatos de motocross há quatro anos. Em 2008 ele participou da disputa Navy Moto x World Championships, realizado em San Diego e ficou com a 9ª colocação e na disputa Red Bull x Fighters, nos Estados Unidos, terminou em 6º. lugar.

Jimmy Fitzpatrick tem 26 anos é natural de Whittier e atualmente reside em Temecula. Ele corre profissionalmente desde os 20 anos. Sua primeira moto foi uma PW 50 mas, hoje ele se apresenta com uma Honda CR 250.

A competição em Barretos será a partir das 21h, na arena de rodeio do Parque do Peão.


Rock Fest

Ainda no sábado, 16 bandas de rock inscritas no festival Rock Fest se apresentam no parque. O concurso é uma oportunidade para bandas, que estão começando no cenário musical, mostrarem seu talento.

Programação – http://www.independentes.com.br/motorcycles/progmoto2010.php

Sexta-feira (30)

15h – Show com moda raíz de Pau do Fuxico
18h30 – Shows de manobras radicais com as equipes Cacinelli Show, Alto Giro, Cachorrão Moto Show, Neno Cobras Moto Show e Phyra Show Car
23h30 – Show CPM 22
1h – Show Na Contramão

Sábado (1/5)

11h – Largada do 11º Enduro Countrypira
14h – Shows de manobras radicais com as equipes Cacinelli Car Show, Hot Zero, Cachorrão Moto Show, Neno Cobras Moto Show e Phyra Show
21h – Desafio Internacional de Free Style
23h30 – Show Rod Hanna
0h – Show Na Contramão
2h – Show Kiss Cover
3h – 8º Rock Fest

Domingo (2)

12h às 17h – Shows com manobras radicais das equipes Hot Zero, Cachorrão moto show, Neno Cobras Moto Show, Alto Giro, Equipe Jorge Negretti (Free Style) e Phyra Show
13h – 8º Rock Fest

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Vendida na Alemanha a 1 Motocicleta a ser produzida em série no mundo

Moto mais antiga a ser produzida em série no mundo

Muita gente sonha em adquirir um primeiro modeolo de um carro ou moto fabricado e no momento de seu lançamento.

Mas por outro lado existem pessoas que gostariam de adquirir estes modelos, mas o que dizer de um fabricado a mais de 110 anos. Fabricada em Munique, na Alemanha, em 1894, a Hildebrand & Wolfmüller foi a 1ª motocicleta a ser produzida em série. Em um leilão realizado no último domingo pela Bonhams Important Pioneer ela foi arrematada por U$132 mil – ou mais de R$230mil – sendo que o lance inicial era de “somente” U$60 mil.

Os irmãos Hildebrand eram engenheiros que começaram experimentando com motores a vapor mas logo mudaram para os de combustão a gasolina. Se uniram então a Alois Wolfmüller e seu mecânico Hans Geisenhof, e dessa união surgiu uma motocicleta com um motor de 4 tempos e cilindros paralelos, refrigerado a água. O mais incrível é que até pouco tempo era o maior motor já colocado em uma moto em série.

No vídeo abaixo vocês podem ver uma irmã 2 anos mais nova da H & W que foi leiloada funcionando. Reparem no fato dela não ter correia para movimentar a roda traseira mas sim um tipo de pistão.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Daewoo deve chegar ao país em Setembro trazendo o Spark M150 como alternativa para os carros de entrada


Quem ainda se lembra do Daewoo espero vendido por aqui na década de 90 com mecânica do Chevrolet Vectra? Pois bem. A marca coreana está fora do nosso país já por um bom tempo, mas voltará no mês de setembro, um pouco antes do Salão do Automóvel de São Paulo 2010 .

Voltará de maneira oficial, não através da própria marca, mas sim pela Forest Trade, importadora independente de São Paulo. Ela venderá o Daewoo Spark M150 por valores começando em 22.800 reais.

A informação é da revista Quatro Rodas, que também fala de uma versão completa do carrinho por 24.800 reais. A Forest Trade fechou um acordo com a GM da Europa para trazer a marca Daewoo. É claro que modelos que a Chevrolet poderá usar ficam de fora, como o Novo Spark e o Cruze, além de um modelo já usado pela Chevrolet, a Captiva.

O Daewoo Spark M150 foi lançado em 2000, e ainda é vendido em alguns mercados tão ou mais defasados que o nosso, como o Uzbequistão. Aliás, é de lá que o compacto virá. A Forest Trade quer vender o Daewoo Spark M150 como o mais barato, o mais econômico e o modelo com a maior garantia do segmento.

Por pior que esse Spark seja, ele com certeza não chega no nível terrível de compactos chineses. A versão de 22.800 reais terá apenas CD Player. Já a de 24.800 reais incluirá ar-condicionado, travas elétrica e vidros elétricos.

O câmbio é sempre manual, e o motor 0.8 de 51 cavalos é condizente com o peso do Spark, de 770 quilos. Aliás, ele tem 30 centímetros a menos que um Uno Mille, que em breve ganha a versão Panda Européia. A aceleração de 0-100 é feita em 12 segundos e a máxima é de 144 km/h.

E o tata Nano, quando chega???? Resta esperar por coisas boas no mercado…

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Futuro Golf Geração IV é flagrado em testes na Alemanha

Esse é o mercado automotivo, nem bem chegou e o próximo já está no forno

Mal chegada a nova geração do Volkswagen Golf na Europa, a companhia alemã já vem desenvolvendo a próxima (sétima) geração do seu hatch. Apesar de as aparências enganarem, embaixo da carroceria dessa flagrada “mula”, já está a mecânica do novo Golf realizando testes de desenvolvimento, flagrada no famoso circuito alemão de Nurburgring.

Sua gama de motorização na Europa contará com as unidades turbocharger TSI e TDI onde, movidos a gasolina termos os TSI de 1.2L com potencias de 85 cv e 105 cv, de 1.4L com 122 hp e 160 hp e o 2.0L de 220 hp e 300 hp. Já nos TDI movidos a diesel, teremos as configurações 1.6L de 90cv e 105 cv e o 2.0L com 140 cv, 170 cv e de 220 cv de potência.

Além disso, a sétima geração do Volkswagen Golf também ganhará motorização hibrida. As especulações são de que o modelo receberá um motor elétrico de 25 hp e bateria elétricas de níquel de metal hidreto (NiMH), além de uma segunda opção elétrica vinda com um motor elétrico de 75 hp acompanhado da tecnologia plug-in e com baterias de íons de lítio mais avançadas que a primeira opção.

O futuro Volkswagen Golf deverá chegar aproximadamente daqui a dois anos e receberá além da carroceria hatch, a perua chamada de Variant. Além disso, a sétima geração do modelo sofrerá um processo chamado de upmarketing, no qual devera compartilhar mais pecas com o Audi A3.

Fonte: CarangoBLOG

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Carros futuristas do passado. Imagens bizarras e engraçadas

Carro futurista da década de 50, previa que iríamos andar de fat car

Tentar imaginar como serão os carros do futuro não é nenhuma novidade. Desde que o mundo é mundo sonhamos em como será a vida daqui a 10, 20, 30 ou 100 anos. Claro que nossas suposições se baseiam na tecnologia que temos hoje em dia e no que esperamos alcançar em determinado período de tempo.

Durante as décadas de 1940 e 1950, a revista americana Popular Mechanics, fez uma série de filmes mostrando como, na época, eles imaginavam que seriam os carros de 20 anos depois. É no mínimo curioso como os inventores malucos da época se viravam.

Hoje nos deliciamos com o que eles acreditavam ser os modelos modernos e que para nós viraram relíquias como os carros antigos e charmosos das décadas de 40 e 50 em eventos como o que ocorreu semana passada no ENCONTRO DE CARROS ANTIGOS DE ÁGUAS DE LINDÓIA.

Assista o vídeo abaixo:

FONTE: AUTOZINE

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Será este o futuro do Honda city no Brasil e no mundo

abril 27, 2010 1 comentário

O nome é estranho, mas o modelo poderia ser o sucessor do City ou do Honda Civic

A Honda aposta em uma nova versão do City para o mercado chinês. A prova disto está no estande da montadora no Salão de Pequim 2010, com um nome pra lá de esquisito: Li Nian Everus. Trata-se de um conceito feito sob o nosso City, montado para países emergentes. O modelo, de linhas extravagantes, antecipa o que será o sedã pequeno da marca no país.

Nenhum detalhe do automóvel foi divulgado pela Honda chinesa, que tem parceria com a local Guangqi. Mas espera-se que o modelo seja uma versão mais luxuosa, o que é comprovado pelos diversos acessórios cromados espalhados por toda a carroceria. Destaque para os faróis dianteiros, com lente dupla. Mas como tudo são especulações no universo automotivo, porque não fazer um exercício de imaginarmos se este modelo poderia ser um NOVO HONDA CIVIC… quem sabe…

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Kawasaki apresenta sua Versys 650 2010

abril 26, 2010 1 comentário

Versys 650 2010 é uma máquina para uso urbano, estradeiro, fora-de estrada ou até esportivo, sem esquecermos claro, das Motard. Falando assim parace um belo Frankenstein, mas não é o caso dessa moto que quebra a rotulação de estilo.

Seu motor é o mesmo bicilíndrico de 650 cilindradas que equipa a naked ER-6n. o chassi também é o mesmo para os dois modelos. Entretanto, as suspensões, tanto dianteira quanto traseira, sofreram grandes modificações. Na frente, para a Versys, foi disponibilizado uma suspensão invertida (ao contrário da ER-6n que é convencional), capaz de absorver melhor os impactos no uso fora-de-estrada. A suspensão traseira também foi modificada, manteve-se o agressivo amortecedor traseiro à mostra.


Especula-se que deve chegar ao Brasil sendo comercializada a um preço semelhante ao do modelo da Z750.

Ficha Técnica:

Motor: 4T, 649 cc, dois cilindros, refrigeração líquida e alimentação por injeção eletrônica. Duplo comando no cabeçote, DOHC de 8 Válvulas, 6 marchas.
Chassis: Mesmo chassis que equipa a ER-6n.
Potência: 64 cavalos a 8000RPM.
Torque:  6.2 kgf•m a 8000 RPM
Suspensão dianteira: Invertida, 41 mm de diâmetro com opções de ajustes e 150 mm de curso.
Suspensão traseira: Monoamortecida com opções de ajustes e 145 mm de curso.
Pneus: 120/70/17 dianteiro e 160/60/17 traseiro.
Capacidade do tanque de combustível: 19 litros.
Peso seco: 181 kg.
Opicionais: Freio ABS, baú, GPS e banco em gel.
Cores: Amarelo, azul, preto ou verde Kawasaki

Fonte: Blog da Lojamotos.com.br/Rock Riders

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter


%d blogueiros gostam disto: