Archive

Archive for maio \29\UTC 2009

Revista Quatro Rodas mostra o Novo Fox 2010 na edição de junho.

maio 29, 2009 7 comentários

Ainda com base nas especulações mostradas n post anterior sobre o novo Fox, “Novo Fox no lugar da Linha Polo, Será?”, abaixo  mais informações sobre o veículo. Agora a própria revista quatro rodas apresenta o veículo.

capa-quatro-rodas

Com a proximidade do lançamento do Novo Fox 2010, as grandes revistas começam a mostrar como será o modelo. Depois da AutoEsporte, a revista 4Rodas estampa na capa da edição de junho a sua projeção do Novo Fox com base em uma unidade flagrada e com um detalhe: tem até teto solar.

A projeção da Quatro Rodas complementa o que a Revista AutoEsporte havia adiantado (veja aqui), e até mesmo mostra uma certa semelhança com a projeção que fizemos em janeiro deste ano (veja aqui).

Além do visual externo, o interior do modelo também será atualizado. Além do novo painel com mostradores maiores, informações dão conta que o acabamento será de nível bem mais alto, semelhante ao do Polo, para se distanciar bem do Gol. Até mesmo os retrovisores passarão a vir com as setas integradas e o teto solar será item opcional.

Parece que a Volkswagen, além do novo acabamento, também quer deixar o Novo Fox com a “cara” do Novo Polo Europa. Será que a estratégia da VW vai ser passar o Fox para a posição do Polo para então retirá-lo de linha no Brasil?

Projeção: Carlos Araújo / Quatro Rodas

Fonte:  Carplace

Renault Laguna 2010 – versões hatch e Sport Tourer recebem atualizações no Reino Unido

Renault Laguna 2010

Renault Laguna 2010

Segundo o site http://www.noticiasautomotivas, o Renault Laguna terá uma reestilização no ano que vêm, veja o comentário abaixo:

O Renault Laguna 2010 hatch e também a versão perua Sport Tourer recebem atualizações no Reino Unido. Eles estarão disponíveis para compra a partir de junho, com preços que variam entre 16.795 e 25.650 libras, o equivalente a 54.500 e 83.300 reais.

Eles tem novos equipamentos de série e mudanças visuais, como um novo parachoque dianteiro mais agressivo, com entradas de ar maiores, faróis com detalhes escuros, lanternas traseiras fumê e saídas de escape cromadas.

Acompanhe as novidades pelo twitter

Nova Yamaha XVS 950 Midnight Star

xvs950_4

Desempenho “full-size” com peso leve, designe limpo e simples inspirado nos carros esportivos da década de trinta, porém com tecnologia de última geração
Impulsionado por um motor de projeto atual de 942 cc, OHC, V-2, refrigerado a ar de alto torque, acomodado em um chassi de excelente ciclística, a nova XVS 950 Midnight Star apresenta um excitante e refrescante estilo esporte clássico.

Esta nova máquina sem igual e original é indicada aos motociclistas que desejam uma genuína custom limitada a 1.000 cc, mas leve e forte aliado a um alto desempenho com estilo longo e baixo que não intimida os motociclistas menos experientes. A XVS 950 Midnight Star cria um novo capítulo com seu estilo moderno e genuíno para os motociclistas de todas as idades.

Embora o modelo se beneficie do uso da avançada tecnologia Yamaha, foi tomado grande cuidado para assegurar que essa nova motocicleta mantivesse a simplicidade e designe essencial de uma big custom clássica.

Por exemplo, os engenheiros da Yamaha passaram muito tempo desenvolvendo um sistema de exaustão que acentuasse as baixas freqüências atenuando as de alta no seu exclusivo escapamento dois-em-um, assim como no desenvolvimento de um sistema de admissão que não só aumentasse o desempenho, mas também emitisse um som pulsante na admissão a baixa e alta velocidades.

xvs950

ovo propulsor alimentado por injeção eletrônica

O compacto motor V-2 a 60 graus, oito válvulas, OHC de 942 cc, refrigerado a ar desenvolve 53,6 cv a 6.000 RPM e é totalmente novo. Nele também foi considerado para seu desenvolvimento o desempenho, força e designe. Para um ótimo rendimento a baixas e médias rotações. O propulsor trabalha quase “quadrado” com curso e diâmetro de 85.0 mm x 83.0 mm, que quando combinado a câmara de combustão e as oito válvulas nos cabeçotes conferem se torna uma autentica usina de força; forte aceleração e potência extra, em pouquíssimo tempo.

As características técnicas do projeto uniram características custom e de alta tecnologia, como: inexistência do balanceador no eixo do virabrequim, arrefecimento a ar, maior conjunto do filtro de ar, pistões forjados mais leves, tratamento cerâmico nos cilindros, oito válvulas nos cabeçotes. Assim como novas soluções tecnológicas para câmaras, válvulas, corpo da borboleta de alimentação, bomba de óleo, embreagem, caixa de mudanças, sistema de exaustão, entre outros.

O câmbio de cinco velocidades foi projetado especificamente para acentuar as características do novo propulsor. Tem cinco velocidades e privilegia as baixas e médias rotações, já a quinta marcha foi projetada para proporcionar uma relaxante e confortável velocidade de cruzeiro.

Para melhor desempenho em todos os regimes com o mínimo de emissões, as câmaras de combustão contam com dois bicos injetores de quatro furos cada. Esses bicos pulverizam o spray diretamente sobre a superfície das válvulas com eficiente atomização do combustível para uma rápida e melhor queima. O corpo da borboleta tem 35 mm de diâmetro.

Vários sensores são responsáveis por transmitir dados sobre a temperatura do ar, pressão atmosférica e pressão do ar admitido, temperatura do motor, velocidade, posição da borboleta e níveis de oxigênio na saída dos escapes, que são processados na ECU e então ajustados o sistema de injeção de combustível.

Os escapes do tipo 2 em 1 levam um catalisador de três vias e asseguram ao novo motor V-2, emissões muito menores que as exigidas pelo PROMOT 3.

xvs950_24

Novo projeto do chassi berço duplo em aço

O novo chassi berço duplo em aço foi projetado para passar a sensação de pouco peso, o que foi obtido com o projeto de uma estrutura que oferecesse diferentes graus de rigidez em segmentos distintos. O chassi é especialmente rígido em torno da área principal da tubulação central, assim a rigidez de torção é ajustada em um nível relativamente mais baixo a fim de proporcionar um grau de resistência de acordo com as características de manipulação, que proporciona um maior conforto para o motociclista.

A relação entre os níveis de torção laterais e longitudinais da rigidez do chassi foram estudados com cuidado e por meio de extensivos testes resultaram em um chassi “estradeiro” e seguro com características que completam o desempenho do propulsor de elevado torque. Do ponto de vista estético o projeto do chassi berço duplo transmite uma relação de simplicidade e funcionalidade, que combina perfeitamente com as linhas clássicas do novo motor V-2 arrefecido a ar.

Comparada a outras motocicletas de sua categoria, a XVS 950 Midnight Star passa uma experiência de condução muito mais leve e mais esportiva. A esportividade é caracterizada por um ângulo de cáster de 32″10′, e 145 mm de trial projetando seu peso sobre a dianteira e traseira, de modo a assegurar maior conforto na condução em estradas.

A baixa altura do assento – 675 mm – confere elevado nível de conforto e facilidade em montar na motocicleta. Esse assento é estreito na parte dianteira a fim combinar com a seção traseira do tanque de combustível ficando mais fácil para motociclistas apoiarem os pés no chão, quando parado ou nos congestionamento.

Outro importante fator que influenciou na maneabilidade e peso foi a utilização na dianteira de uma roda em liga de 18 polegadas calçada com pneu de 130/70 x 18 63H, enquanto na traseira leve um conjunto 170/70B x 16 75H. As rodas de pouco peso e esportividade complementam o projeto clássico.

Usando técnicas de 3D CAD, os engenheiros da Yamaha criaram um tanque de combustível clássico em forma de lagrima, amplo e de desenho limpo, com capacidade de 17 litros. Visto de lado, tem um perfil baixo – mesmo com a bomba de combustível interna, passando um visual de velocidade e, em sua produção é empregada tecnologia exclusiva.

Como os modelos XVS/XV de maior cilindrada disponíveis no exterior, a XVS 950 Midnight Star é equipada com um sistema de transmissão secundária durável e eficiente. Uma correia dentada de 28.6 mm de largura reforçada com kvlar e fibra de carbono, uma maneira extremamente eficaz de transmitir os elevados níveis de torque produzidos pelo V-2, ideal para o longo curso da suspensão traseira, com propriedades absorventes a impacto e resistente à corrosão.

A suspensão dianteira da marca Kayaba leva tubos internos de 41 mm de diâmetro e 135 mm de curso, enquanto na traseira traz um sistema de Monocross com 110 mm de curso e ajuste da pré-carga da mola, projetada para oferecer um curso inicial macio, que se torna progressivamente mais firme enquanto a suspensão é comprimida. O conjunto de suspensões foi desenvolvido para proporcionar elevados níveis de conforto para o piloto e a garupa.

Para uma frenagem progressiva e eficiente na dianteira foi adotado um freio a disco com 320 mm de diâmetro e dois pistões que foi otimizado com o estudo da forma do manete, diâmetro do cilindro mestre, a taxa de expansão da mangueira e peso. Na traseira a XVS 950 Midnight Star é equipa com um freio a disco de 298 mm de diâmetro.

O painel de instrumentos é um show a parte, acomodando em um único instrumento de grande diâmetro, sobre o tanque de combustível em estilo clássico, todas as informações necessárias. Velocímetro análogo, seis luzes espia e uma janela da exposição multifuncional do LCD com; um hodômetro, dois trip, fuel trip e relógio operado por um interruptor no punho direito.

O modelo XVS 950 Midnight Star será comercializado a partir da quarta semana de maio de 2009 em toda Rede Autorizada Yamaha nas cores vermelha com aplicação de gráficos no tanque de combustível e pára-lama traseiro ao preço público sugerido, posto Manaus, de R$ 34.900,00, enquanto a versão na cor preta fica em R$ 34.600,00.

Fonte:  Motokando e Yamaha

EcoSport com novo design.

maio 27, 2009 6 comentários

ford-kuga

A nova geração do Ford EcoSport chega às lojas em três anos. E seguindo a nova ordem mundial da Ford, a de produzir carros globais, o jipinho vai ganhar o mundo. Está decidido: ele será vendido inclusive nos Estados Unidos, afirma uma fonte ligada à fabricante.

Nos EUA, a palavra da moda é downsizing (encolhimento). As vendas dos beberrões utilitários esportivos e picapes de grande porte vêm caindo vertiginosamente. “O americano procura um carro mais racional e econômico”, explica o informante sobre a decisão de vender o EcoSport nos EUA.

O EcoSport americano deverá ser produzido no México, sobre a plataforma B2xx, da próxima geração do Fiesta Sedan, que será exportado ao Brasil. Em Camaçari (BA), será fabricada a versão hatch do novo Fiesta, que abastecerá todo mercado latinoamericano, e também o novo EcoSport para consumo interno.

O EcoSport 2012 terá design inspirado no utilitário-esportivo Kuga, lançado no ano passado na Europa, e feito na base do novo Focus, a C1. A frente lembrará a do novo Fiesta, com grade trapezoidal em destaque e os faróis espichados, como antecipa nossa projeção. Atrás, o modelo brasileiro terá estepe na tampa do bagageiro. Na versão norteamericana e europeia, o estepe deverá ficar sob o assoalho.

Vale lembrar que, na Europa, a Ford adotou uma estratégia diferente do Brasil e desenvolveu uma minivan sobre a base do antigo Fiesta, batizada de Fusion. Não deu certo. Com a nova geração da linha Fiesta, o Fusion deixa de existir e em seu lugar entra o novo EcoSport.

Fonte: Auto Esporte

Citroen exibe modelo C5 de surpresa nas comemorações do ano da França no Brasil

Foi com surpresa que a Citroen fez o lançamento oficial de seu modelo C5 no Centro Cultural do Branco do Brasil, no Rio de Janeiro, durante as comemorações do ano da França no Brasil.

citroen_c5Vejam o que a Fast Driver publicou:

O marketing da Citroën não perdeu tempo ao saber que em 2009 teríamos o Ano da França no Brasil, uma série de eventos sobre o país de origem da marca. Como patrocinadora da exposição “Yves Saint Laurent – Viagens Extraordinárias”, a Citroën aproveitou a abertura da mostra para lançar o novo C5, modelo premium da marca nas versões sedã e perua.

Introduzido na Europa em 2007, o novo C5 deveria ter chegado ao Brasil no ano passado, mas a crise financeira fez a montadora postergar seu lançamento, a princípio, para agosto. A estratégia de lançamento difere muito do que se vê no segmento dos médios-grandes, hoje dominado pelo mexicano Fusion e pelo sul-coreano Azera. Em vez de motor V6 e preços promocionais, a Citroën preferiu trazer apenas a versão 2.0 16V com preço de R$ 103 500 (sedã) e R$ 112 500 (perua Tourer).

A marca também não pretende vender volumes tão expressivos – a ideia é manter o carro com um ar de exclusividade e para isso apenas 50 exemplares foram importados da França no primeiro lote.

Por falar em exclusividade, o novo C5 traz um pacote de equipamentos diferenciado para a maior parte dos concorrentes. Com exceção do teto solar (R$ 4 000), todos os itens são de série e incluem nove airbags, freio de estacionamento elétrico com função que mantém o carro freado em aclives e declives, encosto de cabeça com regulagem de inclinação, faróis bi-xenon direcionáveis e com luz de auxílio em curvas, rodas aro 18 e pneus de perfil baixo 245/45, e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Há ainda o sistema de ajuda à baliza, que mede automaticamente o espaço de uma vaga e informa ao motorista se é possível estacionar nela. O carro está maior também, com 4,78 m de comprimento, 1,86 m de largura e 1,45 de altura. O porta-malas possui capacidade para 439 litros no sedã e 509 litros na perua.

Motor e câmbio permanecem

O cliente do C5 não estranhará o motor e o câmbio da nova geração. São os mesmos usados em outros modelos vendidos no Brasil, como o C4 Pallas. O propulsor é o 2.0 16V de 143 cv e comando de válvulas variável. Já a transmissão automática com opção seqüencial poderia ter sido substituída já que oferece apenas quatro velocidades e nunca foi o ponto forte do modelo.

A versão V6, que antes era importada, não virá simplesmente porque esse motor está saindo de linha para dar lugar a uma nova geração desenvolvida em conjunto com a BMW e que se caracteriza pela cilindrada menor e pelo sistema de injeção direta conjugado com turbo. Segundo a marca, as versões mais potentes do C5 na Europa são equipadas com motores a diesel, não permitidos no Brasil.

Embora exista um conjunto de suspensão convencional neste novo C5, a Citroën preferiu trazer o modelo com o sistema pneumático Hydractive III+, um dos diferenciais da marca. Ele atua oferecendo modos de ajuste esportivo e de conforto dos braços triangulares dianteiros e multibraços traseiros.

O estilo do carro tem relação com a geração anterior, porém, tem um ar “germânico”, como foi definido o C5 na época do seu lançamento. Ao contrário da Renault, que manteve o Laguna, seu rival, essencialmente exótico, o Citroën é mais “mundial” e com chances de agradar a um público mais abrangente.

No interior do C5 se destacam os imensos assentos, com acabamento misto em couro e tecido. O volante usa o mesmo recurso de centro fixo, porém, tem desenho exclusivo, com detalhes em aço escovado. O painel de instrumentos possui mostradores analógicos cujo centro exibe um display digital. Apenas o computador de bordo e o rádio têm um aspecto destoante por serem os mesmos que equipam todos os carros da Citroën e da Peugeot – com o status do C5, seria melhor algo exclusivo.

A Citroën definiu o novo C5 como “o carro de quem já é bem sucedido na vida”. Em outras palavras, os clientes do modelo não se interessam por motores potentes que não podem ser usados ao máximo, não importando o consumo de combustível. Ou, então, que mudam de segmento por causa de promoções agressivas. Certamente, será mais difícil ver um C5 nas ruas que um Azera ou Fusion.

Fonte: Fast and Driver

Fotos da Festa de 50 anos do MINI COOPER na Inglaterra

Publicamos na semana passada algumas fotos de duas versões do Mini Cooper que homenageavam personalidades para comemorar os 50 anos da marca na inglaterra, pois bem.. seguem algumas fotos tiradas da internet que mostram mais alguns modelos interessantes e personalizados. A festa foi no autódromo de Silverstone e contou com mais de 15.000 participantes, neste último final de semana, dia 23 e 24. O mais bacana porém foi o número de carros que compareceram, mais de 10.000, incrível né…

Legal porém foi o link que encontrei com muitos, mais muitos vídeos numa espécie de Blog oficial do evento que vale a pena ser visto: http://minicooper.updateordie.com/category/mini-no-mundo/

Carro movido a ar comprimido será novidade em aeroportos

maio 26, 2009 4 comentários

Dando uma navegada pelo sites de autos vi uma matéria muito interessante sobre um tipo de carro que não usa nenhum combustível ecológico dos mais conhecidos. Ele usa AR COMPRIMIDO…vejam que interessante a matéria que vi no G1.

Modelo AIR POD ONE será usado pela Air France e KLM nos aeroportos de Paris e Amsterdã

Modelo AIR POD ONE será usado pela Air France e KLM nos aeroportos de Paris e Amsterdã

Pensando na melhoria da qualidade do ar e do meio ambiente, as empresas aéreas Air France e KLM irão utilizar a partir de junho o AirPod One, modelo movido a ar comprimido, em transportes de passageiros e cargas leves nos aeroportos Charles de Gaulle, em Paris, e Schiphol, em Amsterdã.

 O modelo é resultado de mais de dez anos de pesquisa da empresa MID (Motor Development International), que se especializou em carros movidos a ar comprimido, localizada na cidade de Nice, sul da França.

 Comandado por meio de um joystick, o carrinho leva até três pessoas e possui dois cilindros de fibra de carbono, que armazenam o ar que serve de combustível. A autonomia é de 210 quilômetros e a velocidade máxima é de aproximadamente 65 km/h.

Fotos da linha de montagem do modelo a ar comprimido

Fotos da linha de montagem do modelo a ar comprimido

O engenheiro francês Guy Negre, proprietário da MDI, tem vasta experiência profissional e, inclusive, já trabalhou em equipes da F1. Negre pretende comercializar em breve os modelos que são totalmente amigáveis ao meio-ambiente.

 Em 2007, a empresa fechou um contrato de 40 milhões de euros com o grupo indiano Tata Motors, para o fornecimento da inovadora tecnologia em futuros modelos da montadora.

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: