Archive

Posts Tagged ‘carros citroen’

Citroen C3 2012 muda alguns itens de série e começa em R$39 mil

A Citroen, ainda não lançou no Brasil a nova versão do modelo que chegará somente o ano que vêm e numa manobra para dar sobrevida ao modelo lançou esta semana a versão 2012. Um pouco mais equipado diga-se de passagem. O C3 começa a ser vendidos com valores a partir de R$ 39.990, e  continua com os motores 1.4 litro e 1.6 litro flex e ganhou faróis Cristal Black e nova padronagem nos bancos em todas as versões.

Outra novidade é a roda de liga leve Coyote diamantada, de série para as versões Exclusive e opcional para as demais. A cor vermelha Rouge Aden também é lançamento, disponível nas configurações GLX e XTR.

Antes opcional, o Pack Clima Auto passou a ser de série para o modelo Exclusive 1.6 16V Flex. O pacote inclui ar condicionado automático, faróis com acendimento automático e limpadores de para-brisa acionados por sensor de chuva.

É realmente uma pena, tenho certeza que a nova versão cairá como uma luva no gosto Brasileiro.

Segue abaixo a foto do novo modelo do C3 já comercializado na Europa e que por aqui com certeza virá como modelo 2013

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros no:

Minivans da Citroen C4 Picasso recebem modificações que já tinham sido aplicadas na Europa

A Citroën apresentou um pouco antes do Carnaval, os novos modelos da linha 2011 das minivans C4 Picasso e Grand C4 Picasso, lançadas no Brasil em meados de 2008. Ambas as versões exibem o visual atualizado recentemente na Europa, para acompanhar as mudanças na identidade visual da fábrica francesa. A principal mudança é justamente o duplo chévron, símbolo da Citroën, que aparece pelos quatro cantos em alto relevo e com os contornos arredondados, dentro da nova assinatura da marca. Além do escudo, as minivans receberam pequenas atualizações. Lembramos que as unidades são fabricadas na Espanha, no Complexo Industrial de Vigo. A nova C4 Picasso passa a custar R$ 78.490 (R$ 1.500 a mais que o modelo 2010), enquanto a irmã maior começa em R$ 91.990 (encarecida em R$ 2.090). Esses preços são os sugeridos pelo fabricante e podem variar de uma concessionária Citroen para outra.

As mudanças foram tímidas e não mexem no já conhecido design dos monovolumes. Na linha 2011, o principal chamariz é que tanto o C4 Picasso, com capacidade para cinco ocupantes, como o Grand C4 Picasso, de sete passageiros, exibem a assinatura de estilo mais recente da Citroën. O novo logo com o duplo chevron, com contornos suaves, aparece na grade dianteira, tampa traseira, no centro do volante e no miolo das rodas. Esse sim um ponto positivo fortíssimo e que irá conferir mais estabilidade e robustez aos modelos. Os novos modelos de rodas medem 17 polegadas nas duas versões e estão calçadas com pneus 215/50, Michelin Primacy HP. Os desenhos dos aros também são novos – chamam-se Volubilis, no C4 Picasso, e Roskild, no Grand C4 Picasso.

Outro detalhe são os filetes de pisca dos faróis, agora incolores na linha 2011 – nos modelos 2010 as luzes eram na cor laranja. Ainda por fora, o C4 Picasso ganhou contorno escurecido nas lanternas traseiras, enquanto o destaque no Grand C4 Picasso são dois filetes de luzes diurnas de diodos luminosos (leds), situados no pára-choque, além de maçanetas cromadas. No interior, a fabricante francesa também optou pelo leve tapinha no visual, com novos revestimentos dos assentos e painéis das portas, chamados de Anjou no C4 Picasso e Brise, na versão maior. Por fim, o C4 Picasso 2011 sai de fábrica com ar-condicionado digital para os passageiros detrás.

O conjunto motor e câmbio permaneceu sem alterações, com as mesmas especificações da linha 2010. Basta abrir o capô que você encontrará o já conhecido bloco 2.0 litros a gasolina, capaz de entregar até 143 cavalos de potência a 6.000 giros e 20,4 kgfm de torque a 4.000 rpm. Os modelos utilizam transmissão automática seqüencial de quatro velocidades.

Para quem vai atrás do volante ou nos outros assentos, nada de novo. Porém isso não é ponto negativo para os dois modelos familiares. Isto quer dizer, que a ergonomia continua caprichada tanto para o motorista, que dispõe de uma posição alta para dirigir, como para os passageiros, que continuam desfrutando de um ambiente confortável. Na linha 2011, a Citroën segue privilegiando a visibilidade dos irmãos, com pára-brisa panorâmico, que oferece ângulo de visão vertical de 70 graus.

Objetivos de mercado

A Citroën deixou claro que pretende, com os dois lançamentos, abocanhar uma fatia maior do segmento de monovolumes no Brasil. O objetivo da francesa é saltar de um total de 4.500 unidades/ano para 6.600 exemplares anuais, conquistando 40% de participação no nicho já esse ano. Para se ter ideia do cenário, o segmento de minivans é liderado atualmente (e com folga) pela Chevrolet Zafira, que já teve sua morte decretada, mas a Chevrolet já ventilou que terá um modelo com versões de 4 e 7 lugares com um único nome. Dados da Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores) apontam que o modelo da norte-americana General Motors foi responsável pelo emplacamento de 9.263 unidades no ano passado – foram 2.203 exemplares a mais do que o Xsara Picasso, dono da medalha de prata no período. Como a Chevrolet tem capilaridade no mercado com um volume de concessionárias muito maior que a Citroen assim que o modelo for lançado a pedreira para a Citroen deverá continuar, será?

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros no:

Citroen divulga primeiras imagens de 3 carros conceitos que serão exibidos no Salão de Genebra 2011

fevereiro 22, 2011 Deixe um comentário

A Citroen quer definitivamente mostrar ao mercado que está focada 100% em design e tecnologia. A marca francesa mostrou hoje dia 22 imagens de três carros conceito que estarão no stand da marca no Salão de Genebra 2011, em março. Os protótipos são o C3 Red Block, DS4 Purple e o C6 Noir et Blanc.

O C3 Red Block é um mini hatch, com acabamento esportivo, o que inclui rodas de 17 polegadas, suspensão rebaixada e acabamento interior em couro vermelho.

Já o DS4, segundo a montadora, é inspirado nas técnicas artesanais da fabricação de jóias.

A marca não revelou detalhes, mas os dois primeiros chamam a atenção como nas imagens acima. O que ficou meio estranho foi o conceito C6, que parece uma versão antiga do C5, em imagem logo abaixo.

Siga o Blog Contagiros no:

AirCross da Citroen já começou a ser produzida na fábrica de Porto Real

julho 20, 2010 1 comentário

Com chegada às Concessionárias Citroen marcada para setembro, o Citroën Aircross começou a ser produzido na planta da PSA Peugeot Citroën em Porto Real, Rio de Janeiro. A unidade fabril, que já faz Xsara Picasso e C3, recebeu modificações para receber a minivan nas áreas de chaparia, pintura e montagem. Como se trata de um produto totalmente novo no Brasil, algumas células foram criadas para montar o estepe traseiro e o rack de teto, por exemplo.

A chegada do Aircross, que parte do C3 Picasso, um dos futuros lançamentos da marca no Brasil, permite que a Citroën projete participação de mercado na ordem de 3,5% – hoje ela conta com 2,5%. Só no último trimestre deste ano, são estimadas 2.500 unidades mensais do novo modelo.

O motor escolhido pela Citroën para equipar o Aircross é o 1.6 16V, que gera 110 cv com o tanque cheio de gasolina, ou 113 cv quando abastecido plenamente com etanol.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Citroen Survolt já começa a realizar testes em Le Mans com motorização 100% elétrica

Apresentado com sucesso na 80ª edição do Salão do Automóvel de Genebra 2010 que foi realizado nesse ano, o conceito Citroen Survolt realizará testes no lendário circuito de LeMans, no dia 10 julho, e será conduzido pela piloto Vanina Ickx.

A grande surpresa é que o conceito de visual extremamente esportivo e de grande destaque terá uma motorização 100% elétrica e também ecologicamente correta. Seus dois motores elétricos disponibilizam uma potencia total de 300 cavalos e são capazes de levar o Conceito Citroen Survolt de 0 a 100 km/h em 5 segundos e atingir uma velocidade máxima de 260 km/h.

Sua duas baterias são de íon de lítio com capacidade de armazenamento de 31 KW, o que em termos práticos proporciona ao conceito uma autonomia de 200 km com uma recarga, que são efetuadas em apenas duas horas com o recarregador próprio ou em 10 horas numa tomada de 220V convencional.

O bacana desta notícia é o tempo entre o carro conceito passar por testes cuja apresentação foi em março e quem sabe já começar a ser cogitado para o mercado em breve e o melhor… um carro totalmente elétrico e não poluente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Novo C4 hatch é mostrado pela Citroen, agora em fotos oficiais antes do Salão do Automóvel de Paris 2010

Citroen C4 - diferencial seria o fim do detalhe do farol dianteiro puxado em excesso

A Citroen começou a revelar ontem dia 01, sua nova versão do modelo Citroen C4 que será apresentado oficialmente no Salão de Paris 2010 em Setembro. No dia 09 de maio já havíamos mostrado imagens do modelo C4 renovado, mas totalmente recoberto e guardado a sete chaves… o que não durou muito.

O modelo Hatch terá como se pode ver na foto logo acima um visual inspirado em outros modelos da marca

Estes primeiros detalhes e imagens oficiais da nova geração do C4, nos levam a perceber semlhanças – na minha humilde opinião com o Audi A3 e porque não com o futuro C5. Mas isso é tão somente uma observação.

O hatchback exibe um visual moderno, embora sem a ousadia que caracteriza seu antecessor (que é vendido atualmente no Brasil). Os traços da dianteira lembram bastante também o compacto DS3, com vincos marcantes e a grade que ressalta o duplo chevron, tradicional símbolo da montadora francesa.

A lateral se destaca pelo belo desenho das rodas de liga leve e os dois vincos na altura das maçanetas.  Já a traseira possui lanternas de formato irregular que invadem a tampa do porta-malas, bem parecidas com as do C3 europeu (que ainda não é comercializado por aqui).

O interior é bem requintado e parece ter sido desenhado para privilegiar o motorista, que tem todos os comandos do veículo ao alcance de suas mãos. O painel de instrumentos tem os mostradores na posição “convencional” – atrás do volante, e não no centro da cabine, como o C4 anterior – e o volante multifuncional de quatro raios parece ter abandonado a criativa solução do cubo fixo, que fazia com que o aro do volante girasse em torno da almofada do airbag e da buzina.

O novo C4 Hatch terá 4,33 metros de comprimento, 1,79 metro de largura e 1,49 metro de altura, sendo cinco centímetros mais longo do que o modelo atual. O porta-malas comporta 408 litros. O carro ainda oferece mimos como ajuste de cor da iluminação do painel e até massageador nos bancos dianteiros.

Que venha o Salão de Paris 2010 – as marcas francesas que o digam…

Novo Citroen C4 aparece disfarçado e deve ser mostrado no Salão de Paris 2010

maio 9, 2010 1 comentário

O C4 foi visto em testes nos arredores de Paris, mas ainda muito camuflado

A Citroen está desenvolvendo em sua fábrica na França, a nova geração do C4.1 O compacto, já se encontra em fase de teste, e deve ser apresentada ao público no Salão de Paris, em setembro de 2010.

O novo C4, já foi flagrado camuflado nos arredores da fábrica da montadora.

O modelo deve ganhar um desenho mais arrojado e futurista, tendência de design que vem sendo adotada nos últimos lançamentos do grupo PSA (Peugeot e Citroen).

Existe a possibilidade de o carro ganhe uma versão híbrida, com motorização semelhante ao do Peugeot RCZ Hybrid.  Outra possibildade é de o C4 passe a ser chamado de DS4, com a inteção de ocupar uma faixa de mercado acima do Citroen DS3,  que foi lançado no mês passado.

Acima uma perspectiva de como seria o Novo Citroen C4

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

%d blogueiros gostam disto: