Archive

Archive for junho \30\UTC 2009

Citroën divulga fotos e informações do novo C3

big_NovoCitronC31_01

A Citroën divulgou hoje (29) as primeiras imagens e informações da nova geração do C3. O modelo, que foi flagrado semana passada em um evento fechado para concessionários da marca na França, teve forte inspiração no conceito DS, mostrado no último mês de fevereiro.

big_NovoCitronC36

Parece que a Citroën não se preocupou em esticar o modelo, uma tendência que vem crescendo entre as montadoras, o modelo tem 3,90 metros de comprimento e 1,7 metros de altura. Entre as inovações no segmento de compactos o novo C3 traz como grande destaque seu teto de vidro panorâmico chamado de Zenith que une pará-brisa a uma pequena área envidraçada no teto, semelhando ao adotado no C4 Picasso.

big_NovoCitronC37

No interior, destaque para o novo quadro de instrumentos, que foi totalmente reformulado e agora integra conta-giros e marcador de velocidade analógico, abandonando o antigo que era digital e para a enorme tela de navegação multifunção que une comandos do radio e do GPS além de entrada USB e conexão Bluetooth. O computador de bordo, que antes ficava no console central, passou a integrar o quadro de instrumentos, unificando também informações como temperatura do motor e marcador de combustível. O volante agora está mais esportivo e parece ter bom apoio para a “pegada”. No que diz respeito a motor, a Citroën apenas informou que estará disponível um motor turbodiesel de 90cv capaz de emitir 99 gramas por km rodado.

big_NovoCitronpainel

big_NovoCitronC35

Fonte:  Carangoblog

Chevrolet Traverse – a Captiva Americana e o Ágile Argentino – o Viva brasileiro

transverse-2009-01
De um lado o Chevrolet Traverse apresentado no último Salão do Automóvel no Brasil em 2008, com desenho que segue o novo visual global da Chevrolet. A grade cromada, os faróis, rodas aro 20 polegadas e pneus grandes, além dos pára-choques envolventes e as linhas da carroceria alongadas, compõem o desenho externo do veículo.

Sinalizadores de direção integrados aos espelhos retrovisores externos; spoiler traseiro integrado ao vidro da tampa traseira, escapamento duplo e teto-solar elétrico panorâmico. Sob o capô do crossover da Chevrolet está um motor V6 de 3.6 litros com injeção direta de gasolina que gera 292 cavalos de potência e 37,3 kgfm de torque. Esta motorização é a mesma presente nos modelos Omega e Captiva.

A transmissão do crossover da Chevrolet é a Hydra-Matic, automática, de seis velocidades. O veículo possui ainda sistema AWD (All Wheel Drive), que oferece melhor tração em superfícies escorregadias, gerenciando ativamente a distribuição de torque entre os eixos dianteiro e traseiro, conforme a rotação da roda, as condições do acelerador e da superfície. Não há qualquer intervenção do motorista: o sistema decide automaticamente a quantidade de torque a ser aplicada, distribuindo-a às rodas que têm melhor tração.

gpix_viva_agile

De outro lado o Ágile – modelo que está sendo fabricado na Argentina e que deve ser o modelo Viva que a GM lançará também por aqui em breve.

Ele terá motor 1.4 litros EconoFlex em sua versão básica e com motor 1.8 litros FlexPower em sua versão top de linha. O painel virá com iluminação azul, design arrojado e leds azuis de alta intensidade no lugar de faróis de milha. O Chevrolet Viva 2009 será vendido no Brasil por um preço inicial de R$ 40 mil.

Existe até um Hot Site da Marca apresentando o modelo inspirado na Linha GPix. 

Resta saber se após o maremoto nas montadoras mundias e com a afirmativa do governo em manter o IPI nos mesmos patamares até próximo do fim do ano, a GM trará realmente o carrão pra cá.

Veja o vídeo da Traverse:

Modelo Gallardo LP550-2 com tração posterior será a nova aposta da lamborghini

LamborghiniGallardoLP5502
A marca Lamborghini logo poderá deixar a Gallardo versão LP550-2 com tração traseira. Ainda sem conhecer os detalhes fornecidos pela casa de design de automóveis bolonhesa, a “new-entry” chega em série limitada (250 unidades) com preço 10% inferior à irmãzinha que já figura no catálogo.

Serão disponíveis oito cores, todas com as listras horizontais brancas, com margens doradas. Ainda será quatificado a economia no peso – só como comparação, a Murcielago SV, modelo também suavizado nos diferenciais – e que abre mão de 50 quilos – faz de 0-100 km/h em 3.9 segundos.

Fonte: http://www.autoblog.it

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Calendários de encontros de carros antigos pelo Brasil

Atendendo a pedidos para saber mais sobre encontro de carros antigos pelo Brasil afora colocamos alguns eventos bacanas que vão ocorrer em Julho. Se alguém quiser divulgar algum basta enviar um e-mail para contagiros@logicadigital.info

encontro_nacional_veiculos_antigos_novo_hamburgo

 Expoclassic 2009 – VII Encontro Nacional de Veículos antigos de Novo hamburgo no RS

Dia 17 de julho – sexta-feira:

09:00 – Abertura da secretária e recepção dos veículos
12:00 – Almoço Livre
15:00 – Visitação de lojas de calçados e pontos turísticos da cidade
18:00 – Apresentação de palco
20:00 – Coquetel para expositores e autoridades (abertura oficial)
21:00 – Fechamento dos pavilhões da FENAC

Dia 18 de julho – sábado:

09:00 – Abertura da secretária e recepção dos veículos
10:00 – Visitação de lojas de calçados
12:00 – Almoço LIvre
14:30 – Grande Leilão de Veículos Antigos
18:00 – Reunião com Clubes Federados (FBVA – Dir. Regional/RS)
19:00 – Apresentação de palco
21:00 – Fechamento dos pavilhões da FENAC
22:00 – Jantar de confraternização
Dia 19 de julho – domingo:

09:00 – Abertura da secretária e recepção dos veículos
11:00 – Apresentação cultural
12:00 – Almoço Livre
15:00 – Apresentação de palco
16:30 – Premiação dos veículos (Troféu Classic Show e A Biela)
17:30 – Encerramento oficial da EXPOCLASSIC 2008
18:00 – Fechamento dos pavilhões da FENAC
20:00 – Costelão Típico Gaúcho de encerramento

 encontro_carros_antigos_jaguariuna

V Encontro dos Amigos do Carro Antigo de Jaguariúna

Dias 18 e 19 de Julho de 2009

Hot site do Clio Get Up

Página principal de acesso ao Hot Site do Clio Getup

Página principal de acesso ao Hot Site do Clio Getup

Navegando e buscando algumas coisas engraçadas para o portal me deparei com o Hot site do Clio Get Up da Renault.

O Hot site em si é bem boninho, mas se você escolher a Paris Hilton com certeza vai ser engraçado. Você pode escolher outros personagens para te acordar, mas esse me chamou mais a atenção.

Mais um capítulo das montadoras tentando chamar a atenção para seus produtos. Pelo menos não gastam as turras no horário nobre da Globo.

Inclusive está para sair a versão novo do Clio que inclusive já fizemos uma chamada em fevereiro ( Clio reestilizado na Europa )

Acesse o Hot site do Clio Get Up clicando aqui.

Aliás, segue também a ficha técnica caso alguém tenha curiosidade em saber como é o carro:

 Motor: 1.0 16V Hi-Flex
 Potência: 76/77 cv
 Transmissão: manual de 5 velocidades
 Itens de série:
___. rádio CD/Mp3 com comando satélite
___. maçanetas internas tipo alumínio
___. alarme sonoro dos faróis acesos
___. limpador e desembaçador do vidro traseiro
___. 3 ou 5 portas
 Cores Disponíveis:
___. Preto Opaco
___. Vermelho Vivo
___. Prata Etoile 
 Opcionais:
___. Pack Ar+Dh 
Pneus: 175/65 R14
Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Stephany e a história do Cross Fox Amarelo

junho 29, 2009 31 comentários
Cross Fox Amarelo que a Volkswagen deu a Stephany

Cross Fox Amarelo que a Volkswagen deu a Stephany

Estava eu,  sabadão aguardando a digestão fazer efeito, aproveitei para dar uma zapeada na TV. Chegando na Globo vi Preta Gil com Luciano Huck conversando com uma moça num carro, fiquei curioso pois imaginei que fosse um quadro do programa que seguindo o programa americano Extreme Makeover que promove a reforma total da residência  de uma pessoa escolhida. Mas, não era bem isso…a Garota em questão é uma tal de Stephany do Piauí.

Na verdade ela investiu junto com sua mãe R$ 4.500,00 para fazer um clip onde aparece fazendo uma paródia da música A thousand miles de Vanessa Carlton. Mas o que isso tem a ver com Blog?  Tava rolando tanto comentário no youtube que o programa Caldeirão do Huck resolveu fazer ela cantar ao vivo de de quebra conseguiu junto a Volkswagen um Cross Fox Amarelo que ela tanto queria. Claro que foi uma jogada de marketing do programa também para gerar audiência né.

Stephany e seu Cross Fox

Stephany e seu Cross Fox

A Volkswagen inclusive gostou da brincadeira já que segundo próprio responsável pela área de marketing deles a exposição e divulgação foi maior do que qualquer mídia comprada. Será que agora as vendas do Cross Fox amarelo vão subir? Stephany que já teve passagens inclusive pelo programa do Gugu e tem como madrinha Preta Gil, teve até a música cantada por  Cláudia Leite no último Carnafacul Itu em Abril deste ano.

Nem bem o sucesso chegou e apareceram também as versões da versão e essa é a parte mais engraçada de tudo isso. Não é que teve um tal de Maxwell Rodrigues parodiou mais uma vez a música, só que agora ele dirige um Rolls Royce ( claro que no vídeo não aparece isso ), mas o bacana é ver até onde as pessoas vão…

Pensa que acabou?? Não satisfeitos internautas criaram versões em vídeo com as músicas, com versões masculinas e paródias e mais paródias. Algumas com direito a entrevista na MTV – Trash Blogs e comentários interessantes como o de um internauta que disse que ele parece o motorista de ônibus dos Simpsons. Até o Marcos Mion não deixou barato.

Achou bizarro? Veja os vídeos hehehehe.

 Vídeo original da cantora Stephany e seu Cross Fox com mais de 1 milhão de visualizações

– Até o Marcos Mion tirou uma casquinha

– Versão da versão de Maxwell Rodrigues que neste caso é o carro é o Rolls Royce

 – Versão bizarra da música do Cross fox de  de Maxwell Rodrigues – Elite Version

 – Eric Augusto interpreta a versão masculina do Cross Fox no papel de Eric
Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

XRE 300: Não é fotogênica, mas é uma bela moto

junho 29, 2009 28 comentários

XRE 300

Ainda estávamos em Manaus quando a XRE 300 nos foi apresentada. Parece que não faz muito sentido este começo, mas realmente foi assim que aconteceu. A Honda apresentou esta nova motocicleta no final dos testes realizados na, também nova, CB 300R.

Cansados, depois de um dia inteiro de testes, voltamos para o salão central e lá estava mais uma moto coberta por um pano. Era ela, a substituta da NX4 Falcon e também da XR Tornado, a nova XRE 300. Infelizmente, naquela oportunidade, a chave da moto não estava presente, impossibilitando o teste ride do novo modelo. Apesar de tantas novidades sairíamos da capital do Amazonas um pouco frustrados.

Uma nova data foi marcada e em breve teríamos contato com a adventure touring da Honda. Centro de Educação em Transito Honda (CETH), este foi o cenário escolhido para acelerar a nova “bike”. Que frio que fazia aquela manhã, 13º, com sensação térmica de 5º, mas nada que tirasse o sorriso e a vontade de rodar no asfalto e na terra com a on-off-road.

No asfalto

Ela se comportou bem no asfalto. Apesar da fabricante ter mantido traços como uma suspensão de longo curso e escapamento com saída alta, para sustentar as qualidades off-road da motocicleta, ela ficou muito mais on-road. Com o mesmo motor utilizado na CB 300R, a XRE carrega o DOHC, com duplo comando de válvulas e câmbio de cinco velocidades, isso faz com que a velocidade máxima seja alcançada de forma rápida, entretanto a final continua semelhante a Tornado, não passando os 140KM/h.

Aí pode estar um problema, pois para substituir a Falcon ela deveria oferecer uma velocidade final um pouco maior, quem está acostumado a pegar sua NX4 e fazer longas viagens, irá estranhar o desempenho acima dos 130km/h.

O novo chassi do tipo berço semi-duplo, permite uma posição confortável de pilotagem, deixando o corpo mais ereto, sem a sensação de “cair”sobre o tanque, como acontece na XR 250.

Na terra

A nova XRE 300 ganhou muitas características on–road, tirando ela do universo que vivia a Tornado. Apesar da suspensão traseira do tipo Pro-Link e na dianteira garfo telescópico passarem tranquilidade para encarar as peripécias do terreno off-road, a moto não tem uma boa desenvoltura fora da estrada. Rodando com a Tornado pelas mesmas “estradinhas” que passei com a sua evolução, consegui uma velocidade maior, obtendo mais facilidade na terra.

A intenção da montadora foi atender um universo maior, por isso remanejaram a XRE 300 para o mundo pavimentado, sem abrir mão de alguns detalhes off-road. Entretanto esta motocicleta fugiu da terra, se tornou uma on-road com poucos traços do campo, para quem gosta de ir para fora da estrada, a diferença será sentida no braço.

XRE 300 - terra

Ciclística

A moto ficou imponente, traços de BMW, somados a lembranças da antiga Sahara, construíram um design marcante. Agora em espaços curtos — fazendo uma alusão ao trânsito das cidades — nota-se uma dificuldade para realizar manobras de curto espaço. O assento em dois níveis faz com que o encaixe das pernas no tanque seja perfeito, principalmente para pessoas com maior altura.

O guidão também ganhou um novo posicionamento, permitindo que os braços fiquem mais altos, melhorando a tocada, o que é muito bom para quem utiliza a moto o dia todo.

O destaque é  o novo freio traseiro: um disco de 220 mm de diâmetro com pinça de pistão simples. O peso a seco da XRE 300 é de 144,5 kg,  7,5 kg mais leve que a Falcon, porém 10 kg mais pesada que a XR 250.

Design e fotogenia

A XRE 300 conta com linhas marcantes e segue a tendência “adventure”. Ao olhar olhá-la pela primeira vez ao vivo, você realmente se apaixona, entretanto olhando as fotos e após ler comentários negativos a seu respeito percebi que ela não é fotogênica. A on/off-road da marca nipônica, chama a atenção pelo bom nível de acabamento, mas só se percebe isso vendo a XRE na sua frente.

O farol multi-refletor com lentes em policarbonato ganhou lâmpadas mais potentes (60/55W). O tanque de combustível possui 12,4 litros, na antiga Tornado eram 11,5 litros e na Falcon 15,3 litros. Os amantes da NX4 vão sentir falta da autonomia.

O painel está embutido à carenagem do farol e traz marcador de combustível, velocímetro, hodômetros total e parcial, além de luzes-espia, totalmente digital.

Na traseira, o conjunto óptico é formado por lanterna e piscas independentes, suporte de placa alto e alças em alumínio integradas ao bagageiro. As rodas de alumínio na cor preta têm 21 polegadas na dianteira e 18 polegadas na traseira, calçadas com pneus de uso misto Metzeler Enduro 3.

Disponível nas cores preta, vermelha e amarela metálica, a moto chega à rede de concessionárias em agosto. No primeiro ano, a Honda espera vender 40 mil unidades da XRE 300. O preço público sugerido é de R$ 12.890,00 (base Estado de São Paulo) e não inclui despesas com frete e seguro. Porém, na prática esta moto deverá ser comercializada em torno de R$ 13.500,00. Sua principal concorrente, a Yamaha Lander 250 (2008), tem 20,7 cv de potência máxima e custa R$ 12.331,00.

Fonte:  Equipe MOTO.com.br

Categorias:Duas Rodas, Motos Honda Tags:
%d blogueiros gostam disto: