Arquivo

Archive for the ‘Picapes’ Category

Nova Ranger 2012 está pronta para ser lançada. O que a Ford deve esperar neste mercado?

 

nova-ford-ranger-2012 exposta no tecnoshow visão lateral

Se dependesse dos consumidores a Nova Ford Ranger já estaria a venda a um bom tempo. Mas pelo menos não é essa a intenção da Ford.

Mesmo com tudo pronto para sua estréia ( pelo menos é essa a informação da empresa) ela tem feito alguns testes de visibilidade e aceitação, junto a um velho e conhecido público, os frequentadores de feiras agropecuárias no interior do Brasil.

Só em Abril duas grandes feiras do setor, A Tecnoshow, em Rio Verde (GO), de 9 a 13 de abril e a Expolondrina que vai até o dia 15 de Abril exibem ao vivo a nova picape Ranger totalmente reformulada. Versão da picape apresentada é um modelo XLT.

Veja mais fotos e novidades sobre a Nova ranger e também sobre o mercado de caminhonetes no Brasil No Blog Contagiros

Anúncios

Nissan contra ataca S10 com pôneis malditos em nova versão que divulga a Frontier 2013

fevereiro 24, 2012 Deixe um comentário

Que os Pôneis Malditos criados pela Nissan para divulgar a linha Frontier de caminhonetes em 2011 alcaçou recordes de exibição no youtube, muita gente já sabia. Que eles reapareceram no Carnaval numa versão bem fuleira alguns notaram.

Desta vez porém de visual renovado e de comercial novo,  os famigerados pôneis aparecem em um ambiente baseado nas antigas batalhas épicas. Ao som de  “Cavalgada das Valquírias”, os personagens lançam flechas em formato de coração, que resultam em uma explosão de purpurina sobre o motorista incredulo da picape atolada.

Na internet, ou melhor logo abaixo é possível ver a versão extendida do comercial que culmina na famosa antítese “NÃO CLIQUE”

De acordo com o texto, caso o internauta não siga os conselhos, será atingido por mais uma maldição lançada por um pônei diabólico, que “hipnotizará” quem estiver do outro lado da tela. Na última cena do comercial, um link direciona o usuário para um aplicativo no Facebook, que gera “memes” na página dos amigos selecionados na rede social.

Se você é fã dos pôneis ou não o fato é que a Nissan conseguiu vender 5.375 unidades da Frontier em 2011, 80% a mais do que 2010. Claro que não foi só por isso, mas que eles ajudaram, isso lá é verdade.

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:

Estréia oficial da Nova S10 promete dar uma mexida no mercado de caminhonetes

fevereiro 16, 2012 Deixe um comentário

Agora é oficial mesmo. A Nova S10 está lançada oficialmente. Os ansiosos do mercado finalmente vão poder ver nas ruas a nova S10 da GM totalmente reformulada. Foram quase 18 anos de espera entre o lançamento da picape no Brasil e a nova geração.

O projeto desta vez é todo brasileiro e consumiu recursos de R$ 800 milhões de investimento para fazer a nova picape. A fábrica de Sào José dos Campos será a única da América do Sul a produzir o modelo.

“Podemos produzir cerca de 4.500 unidades por mês”, estima o vice-presidente de engenharia da GM, Pedro Manuchakian. A picape, segundo ele, tem índice de nacionalização de cerca de 70% e começou a ser produzida no Brasil em janeiro. Da Tailândia, onde a picape é feita desde o segundo semestre de 2011, vêm alguns componentes forjados para suspensão.

Pelo volume de expectativa prevê-se até que deva existir fila de espera pelo nova modelo, já que as concessionárias GM estarão abastecidas com a picape somente até o fim de fevereiro.

A nova versão da S10 terá um volume de versões inesperado, no total, 11 versões. A de entrada será a LS Cabine Simples com motor flex, tração 4×2, câmbio manual de cinco marchas e tabela de R$ 58.868.

A mais completa é uma LTZ Cabine Dupla que associa motor a diesel, tração 4×4, câmbio automático e tem valor sugerido de R$ 135.250. “Haverá 21 versões até agosto. As próximas opções (com acabamentos simplificados) serão voltadas a frotistas”, revela o diretor de marketing do produto, Hermann Mahnke.

Esses grandes clientes são empresas com demandas no campo como Bayer, Syngenta e Monsanto, com frotas entre 500 e mil veículos. Em regra, adquirem cabines duplas com motor a diesel e tração 4×4. “A companhias elétricas também são grandes compradoras da S10”, revela Mahnke. “Elas precisam de espaço na caçamba e boa capacidade de carga. Usam cabines simples, a diesel ou flex.”

Mesmo com a S10 até então defasada a GM tinha a liderança das picapes médias. Em 2011 foram emplacadas 42.818 unidades da Chevrolet S10, ante 33.259 da Toyota Hilux, segunda colocada. Em terceiro lugar ficou a Mitsubishi L200 (22.140 unidades) e em quarto a Ford Ranger (14.988), que também aguardamos ansiosos pela liberação pela Ford, já que previa-se que ela chegaria até antes da S10.

O que esperar das mudanças na Nova S10

Um dos destaques ficará por conta do novo sistema de transmissão. O câmbio manual é feito pela Eaton. Tem carcaça de alumínio e utiliza sincronizadores triplos para primeira e segunda marchas a fim de facilitar os engates. A ré também é sincronizada. Os engates ainda não são leves como num carro de passeio, mas estão um pouco mais próximos disso. A transmissão automática tem seis marchas e permite trocas sequenciais na alavanca. É semelhante àquela que equipa o Cruze.

O motor turbodiesel agora é um projeto da italiana VM Motori, da qual a General Motors é dona de 50% (os outros 50% são da Fiat). A GM licenciou a MWM International para produzi-lo no Brasil. Ele é feito em Canoas (RS). Utiliza a tecnologia EGR (de recirculação dos gases de exaustão) para atender aos novos limites de emissões. A cilindrada é a mesma do propulsor antigo, 2,8 litros, mas a potência subiu para 180 cv. A turbina utilizada é uma Honeywell Garret com geometria variável, mas nesse caso o ângulo ou passo das palhetas é alterado por um atuador elétrico e não por uma câmara de vácuo, o que melhora as respostas do turbo em diferentes rotações.

O motor 2.4 flexível passou por modificações significativas. “Ele recebeu cárter estrutural de alumínio, novas admissão e exaustão e o gerenciamento eletrônico é mais sofisticado, semelhante ao que a GM adota em seus motores V6 e V8. É a Hitachi quem fornece a caixa”, afirma o diretor de powertrain da montadora, Paulo Riedel. A nova unidade perdeu 1 cv de potência, mas ganhou força em baixas rotações. Rende agora 147 cv quando abastecida com etanol e produz 24,1 m.kgf de torque. \

Outra melhora significativa foi na posição de dirigir da S10. O formato do banco, tamanho do volante e disposição dos instrumentos estão mais próximos do interior de um automóvel. O acabamento não impressiona, mas condiz com a proposta da picape. As suspensões garantem conforto e boa estabilidade até mesmo em piso ondulado. A versão cabine dupla anterior tinha suspensões macias demais, o que prejudicava seu controle em curvas. Isso mudou na nova geração. As versões a diesel são mais agradáveis de dirigir por causa da potência extra, mas o motor 2.4 flex também tem boas respostas.

Outro destaque é o espaço da cabine dupla. Os passageiros do banco de trás têm muito mais espaço para os joelhos e se sentam em posição mais confortável. Assim como ocorre com os projetos atuais da Mitsubishi L200 e da Toyota Hilux, a parte traseira da cabine dupla da S10 termina em curva, não mais em uma linha reta. As caçambas têm agora volume entre 1,57 m³ (cabine simples) e 1,06 m³ (cabine dupla).

O diretor de marketing da GM, Gustavo Colossi, aposta no sucesso da picape apoiado em números: “De 1995 para 2011, a produção de grãos do Brasil saltou de 79,3 milhões para 159,4 milhões de toneladas.” Outro número extraído do campo agrada ao executivo: “Em 1996 exportamos 150 mil toneladas de carne bovina e esse número passou a 1,094 milhão de toneladas em 2011.” A perspectiva de crescimento da produção de etanol foi lembrada por Colossi.

Sobre o atual perfil dos compradores de S10 ele revela: “20% deles estão na cidade de Goiânia (GO), enquanto São Paulo (SP) tem 6%.” Outros mercados importantes para a S10 são Cuiabá (MT), Campo Grande (MS) e Ribeirão Preto (SP). “Dos compradores de S10, 45% são fazendeiros ou empresários; 41% rodam com a picape ao menos uma vez por semana em estrada não pavimentada; e 45% vivem em cidades com menos de 500 mil habitantes., ou seja o perfil urbano da picape não é o foco das vendas.

Agora é esperar as próximas semanas para ver como o mercado reagirá não só a novidade do modelo, mas também a dos preços da nova S10, que inclusive seguem abaixo:

S10 cabine simples

LS flex 4×2 – R$ 58.868;
LS diesel 4×4 – R$ 85.400;
LT flex 4×2 – R$ 61.890.

S10 cabine dupla

LS flex 4×2 – R$ R$ 66.350 a R$ 72.490;
LS diesel 4×2 – R$ 97.900;
LT diesel 4×2 – R$ 103.90;0
LT diesel 4×4 – R$ 109.500;
LT diesel 4×4 automática – R$ 113.400;
LTZ flex 4×2 – R$ 84.400;
LTZ diesel 4×2 automática – R$ 117.400;
LTZ diesel 4×4 automática – R$ 135.250.

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:

Lançamento da Nova S10 da Chevrolet tem data marcada, dias 14 e 15 de fevereiro em Campinas -SP

janeiro 24, 2012 Deixe um comentário

Lá fora Colorado, aqui no Brasil Nova S10 deve sofrer poucas alterações

Depois de meses, e põe meses de espera nisso, a Chevrolet divulgou a data do lançamento oficial da Nova S10. Sim, ela não se chamará Colorado como no restante do mundo. A marca deve estampar o slogan, “Sucesso se escreve com S10!” que aparece no convite de lançamento  divulgado a imprensa. Isso deverá ocorrer na cidade de Campinas -SP no dia 15 de fevereiro não por acaso, já que a cidade tem hoje um dos maiores mercados regionais do Brasil e uma das maiores concessionárias de bandeira GM, a Dahruj Veículos.

Segundo pudemos apurar a decisão de manter o nome S10, aconteceu após sondagens do depto de marketing da marca que viu que o nome S10 exerce liderança no segmento e seria mais oneroso a empresa simplesmente jogá-lo fora e trabalhar com um nome como Colorado. de repente ele poderia ser usado como um modelo específico da S10, quem sabe?.

A S10 ainda está a frente da Hilux, por alguns motivos, entre eles confiança na marca, mas sobretudo por uma questão de preço também.

A Chevrolet pretende abandonar de vez a atual versão da S10 e para isso vai lançar em conjunto todos os modelos ao mesmo tempo. Mecanicamente a camionete será oferecida com motores a diesel e flex, com opção de transmissão manual ou automática. As versões serão LS, LT e LTZ, ao passo que os tipos de carroceria continuam sendo cabine simples e dupla.

O mais importante talvez deste lançamento seja o fato da marca usar o tempo a seu favor em relação a principal rival Ford, que terá seu modelo disponível somente mais para o final do ano.

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:


 

Nova S10 2012 começará a ser produzida dentro de alguns dias na unidade de São José dos Campos

dezembro 16, 2011 1 comentário

A GM deu mais um passo em direção ao lançamento definitivo da nova picape S10. Talvez seja um dos lançamentos mais esperados e demorados. A Colorado, como a chamam no mercado internacional , ou simplesmente Nova S10, já teria um plano definido dentro da fábrica da marca em São José dos Campos, SP. Segundo alguns sites publicaram ontem a linha de montagem da fábrica já estaria sendo modificada, aproveitando as férias coletivas, para o início da produção já em Janeiro de 2012.

A Chevrolet não confirma, mas ela deve chegar as lojas já entre os 3 primeiros meses do ano.  Algumas unidades da nova S10 têm sido vistas praticamente sem camuflagem na grande São Paulo e em estradas que cortam o Estado.


O que parece descuido tem sido, na verdade, uma ferramenta de marketing eficiente. A montadora adotou essa estratégia com o Cobalt e com a geração atual da picape Montana, para citar dois exemplos recentes. Em novembro, durante a apresentação do Cobalt, foi possível ver de longe algumas unidades da picape, ora camufladas, ora cobertas com capas como a da foto abaixo.

Depois de ser lançada na Tailândia ( foto abaixo) com bloco 2.5 de 150 ou um 2.8 de 180 cavalos, ambos da linha Duramax, e câmbio automático de 6 marchas, ela foi oficialmente confirmada para os Estados Unidos.

A versão brasileira será vendida possivelmente na versões LS, LT e LTZ e as opções de carroceira poderão ser simples e dupla. A tração poderá ser 4×2 ou 4×4.

Abaixo, assista a um vídeo da Chevrolet S10 2012, rodando na Rodovia Ayrton Senna em São Paulo. Confira o modelo já está quase sem camuflagem, foram disfarçados apenas os faróis, lanternas e emblemas que identificam a marca e modelo. O vídeo foi publicado na página do youtube do portal Carplace.

Acompanhe o ContaGiros nas Redes Sociais:

Fotos e novidades da Nova S10 2012 da Chevrolet que chega em breve ao mercado

dezembro 3, 2011 Deixe um comentário

E as especulações sobre como será a nova S10 continuam. Fotos de modelos camuflados do modelo surgem todos os dias na internet. Como nào poderia ser diferente, demos uma vasculhada e achamos ontem imagens quase que exclusivas exibidas no siteque mostram que a GM faz a lição de casa e gerando curiosidade e clicks por onde passa,  A picape da Chevrolet por exemplo foi clicada em Taubaté (SP) pelo leitor do site, Fábio Soares.


Como já dito antes em outros posts e reforçado por outros sites e blogs, a  nova geração da picape terá o nome S10 mantido, pelo menos no Brasil. Mas em outros mercados a produção brasileira da picape será chamada de Colorado, por isso, algumas unidades ostentavam o nome Colorado na planta da GM em São José dos Campos (SP).

Por aqui a picape adotará as nomenclaturas LS, LT e LTZ para identificar as opções de acabamento. A S10 deve chegar ao mercado no final do carnaval e deve abrir a fila de lançamentos da GM, num total de 7 até o final do ano.

Os motores serão o 2.4 Flexpower e o diesel 2.8 (novo motor desenvolvido pela GM e fabricado pela MWM), sendo que o  propulsor diesel contará com câmbio automático, além do manual. As opções de tração serão 4×2 e 4×4.

A nova Blazer deve  será lançada no segundo semestre de 2012 e sua produção também será em São José dos Campos (SP).

Com isso parece que as críticas sobre a demora do lançamento devem diminuir, mas não espere preços tão convidativos quanto os praticados para os modelos 2011, com certeza eles vão ser mais salgados.

Chinesa Effa Motors lança nova linha Start de picapes e Vans

novembro 21, 2011 3 comentários

A Chinesa Effa Motors apresentou ao mercado uma nova linha de veículos comerciais da Hafei, chamada Start, cujo desenho da carroceria é semelhante àquele já trazido pela concorrente CN Auto, os atuais veículos da Towner.

Seguindo a linha de simplificidade x preço baixo os modelos já estariam disponíveis em toda a rede da Effa, mas todos os modelos anteriores também continuam a venda.


A linha Start inclui picapes de cabine simples (R$ 27 mil) ou dupla (R$ 30,5 mil) e também uma pequena van para sete ocupantes (R$ 31,5 mil). Além das mudanças estéticas, o chassi foi redimensionado. A cabine-dupla teve a capacidade de carga elevada de 750 para 940 quilos (carga mais ocupantes). No caso da van, foi de 570 para 605 quilos.

O motor, porém, permanece o mesmo. É um quatro cilindros 1.0 de apenas 46 cv de potência. Como comparação, o Fiat Mille (o menos potente entre os carros nacionais à venda) tem 66 cv e é flexível.

Ainda sobre a motorização os veículos da linha Start só utilizam combustível a gasolina e por enquanto não há previsão para modelos Flex.

 

%d blogueiros gostam disto: