Arquivo

Archive for the ‘Autos Carros Bugatti’ Category

Carro de R$ 10 milhões é o mais caro do Salão do Automóvel

outubro 27, 2010 1 comentário

Pagani Zonda supera o Bugatti Veyron, que custa R$ 7,5 milhões.
Superesportivo ainda espera encontrar dono no Brasil.

 

Durou pouco o reinado do Bugatti Veyron como o carro mais caro do Salão de São Paulo. O modelo, que custa R$ 7,7 milhões e até esta terça-feira (26) ostentava o título, perdeu para o Pagani Zonda R. O superesportivo foi anunciado à imprensa no segundo dia do evento com o preço de R$ 10 milhões pela importadora Platinuss. Apenas dez unidades foram produzidas e o Brasil recebeu o sétimo exemplar, que ainda espera por um dono.

O carro de competição – ele não está homologado para circular nas ruas – quebrou na pista de Nürburgring, na Alemanha, a antiga marca estabelecida há três meses pela compatriota Ferrari 599 XX. O Zonda R percorreu os 22 km do circuito em 6 minutos e 47 segundos (marca que está estampada nas portas), ante os 6 minutos e 58 segundos da ‘macchina’ italiana.

De acordo com a fabricante, o motor AMG Mercedes-Benz de 750 cavalos empurra o modelo da italiana Pagani de 0 a 100 km/h em apenas 2,7 segundos.

Carro sueco de R$ 6 milhões
A Platinuss apresentou também no Salão outro carrão milionário, o Koenigsegg CCXR E100 Platinuss Special, feito pela marca sueca especialmente para a importadora e que está à venda por R$ 6 milhões. Sob o capô está um motor V8 4.7 feito para beber 100% de etanol no país. O bloco bicombustível ganhou 82 cavalos de potência e gera agora 1.100 cv.


Os números permitem que a aceleração de 0 a 100 km/h seja feita em 2,9 segundos e que o modelo atinja os 415 km/h.

Outro destaque da empresa foi o holandês Spyker C8 Aileron Coupé, que foi mostrado apenas como versão conceitual. O motor é um Audi V8, totalmente em alumínio, com 400 cv. Os preços irão variar de R$ 990 mil a R$ 1,2 milhão, dependendo da configuração.

Fonte/Fotos: Auto Esporte – G1
Autora: Vanessa D’ Villa

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em:

Modelo SSC Ultimate Aero 2 quer dar o troco no Veyron Super Sport e voltar a ser o mais rápido do mundo

setembro 6, 2010 Deixe um comentário

Acima uma das primeiras fotos que começam a circular hoje na internet do modelo SSC Ultimate Aero II, a segunda geração do supercarro mais veloz dos EUA. Ele tem um novo visual e uma nova missão: derrotar o Bugatti Veyron Super Sport e recuperar o título de carro de série mais veloz do mundo.

E olha que isso não é fácil ou pelo menos não deveria ser. O modelo americano SSC Ultimate Aero TT fazia apenas : 409,6 km/h, graças aos 1183 cv gerados pelo V8 de 6,2 litros. Na verdade, isso durou só algumas semanas. Pois os alemães resolveram roubar o recorde com seu Veyron Super Sport e sua máxima de 428,8 km/h. Logo que isso aconteceu, os caras da Shelby SuperCars começaram a falar de seus planos de fazer um novo Aero.

Logo abaixo podemos assistir a um vídeo colocado na última sexta feira onde o carro é  revelado para uns poucos selecionados durante o concurso de Pebble Beach. Nele é possível ver o Saab prata que o projetista Jason Castriota usou para rodar durante o evento. O vídeo também mostra o fundador da empresa, Jarrod Shelby, dizendo que eles terão protótipos funcionais na metade de 2011. Ele também promete que o projeto não será abandonado. Infelizmente, o vídeo não mostra o carro.

Em breve saberemos do que o modelo é capaz. Mas em se tratando da marca Shelby, muita água ainda vai passar debaixo desta ponte e não duvido nada que em breve publicaremos um novo vencedor.

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em:

Versão final do carro mais rápido do mundo – Bugatti Veyron 16.4 Super Sport

agosto 20, 2010 1 comentário

Depois de mostrar vários modelos com diversas cores e padronagens A Bugatti revelou a versão final do Veyron 16.4 Super Sport, e por mais que possa parecer impressionante, um modelo ainda mais potente do que o original.

O bloco 8.0 W16 viu a sua potência aumentar para os 1200 cv e o binário para os 1500 Nm. Os novos valores tornam possível atingir uma velocidade máxima de 431 km/h – valor registado no Livro de Recordes do Guiness, mas que, está limitada a 415 km/h.

A produção do Super Sport, será limitada a apenas 40 unidades e terá incício dentro de 2 meses. Os primeiros cinco modelos serão vendidos como edições especiais, denominadas World Record Edition, e já foram vendidos.( como é bom ter dinheiro hein)

As fotos falam por si….

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Um dos carros mais rápidos do mundo, a Bugatti Veyron agora poderá ser um dos mais caros também

Bugatti Veyron banhada a ouro, ostentação de riqueza ou um pedido de algum produtor de petróleo árabe...

Como sempre o mercado nunca para. Desta vez a novidade é com a Bugatti.A empresa alemã de tuning Mansory acaba de divulgar uma versão com detalhes em ouro do Bugatti Veyron. Batizado de Mansory Bugatti Veyron 16.4 LINEA Vincero d’Oro. A estrutura do carro é de fibra de carbono, mas todo o acabamento é feito em ouro, da maçaneta das portas à tampa do tanque de combustível.

O carro ganhou ainda luzes diurnas em LED, novos para-choques e saias laterais e um difusor traseiro. A Mansory também acrescentou saídas de ar maiores na parte traseira e nas laterais do carro, juntamente com novas rodas feitas de uma liga especial de cor dourada.

Sob o capô a Mansory equipou o turbo de 8,0 litros com 16 cilindros do motor de um sistema de indução de ar frio melhorado e aperfeiçoado um escape. Isto permite produzir 1.109 hp (827 kW / PS 1124) e 1310 Nm (966 lb-ft) de torque, em vez de 1.001 hp (746 kW / PS 1015) e 1250 Nm (922 lb-ft) de torque, como era na versão do ano passado.

No interior, ganhou detalhes dourados e LEDs ao redor de bancos, portas e painel.

O preço ainda não foi divulgado, deve ser porque só existe uma unidade. Será que ela vai para algum país produtor de petróleo… pode ser…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Novo Bugatti Veyron Super Sport obtém novo recorde de velocidade e se torna o carro de linha mais rápido do mundo

Bugatti Veyron Super Sport 2011 - ele faz de 0 a 100 Km/h em meros 2,5 segundos

Exatamente a um mês o que parecia uma promessa se concretizou. A Bugatti acaba de anunciar oficialmente o superesportivo Veyron Super Sport, uma versão especial e ainda mais potente que o Veyron tradicional. O modelo terá uma potencia de 1.200 cavalos (200 cv a mais que o Bugatti Veyron normal) com um torque máximo de 152,96 kgfm.

Sua potencia extra veio principalmente pela adoção de quatro novas turbinas maiores empurrando seu motor W16 de 8.0 litros e um novo ajuste de seu sistema de injeção, aliado a um dimensionamento de seu sistema de refrigeração a ar (intercooler). Além disso, seu exterior foi totalmente redesenhado para melhorar a sua eficiência com maiores entradas de ar dianteiras, novos difusores de ar traseiros e seu sistema de escapamento.

Dessa forma, a potencia do novo Bugatti Veyron Super Sport possibilita uma aceleração de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos, mesmo tempo do Bugatti Veyron tradicional, mas em compensação abaixou o tempo de aceleração de 0 a 300 km/h de 16,7 para 15 segundos.

O superesporivo ainda estabeleceu o novo recorde de velocidade máxima pelo famoso Guinnes Book, atingindo uma media de 434 km/h em duas passagens em sentidos opostos, quebrando o recorde anterior do SSC Ultimate Aero TT de 412 km/h, conquistado em 2007. O novo recorde foi realizado na pista de testes da Volkswagen em EHRA-Lessien, e ainda contou com a presença de agentes da German Technical Inspection Agency (TÜV).

O novo Bugatti Veyron Super Sport tera uma produção limitada em apenas 30 unidades e será apresentado oficialmente no charmoso Concurso de Design de Pebble Beach.


Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Bugatti quer chegar num supercarro com 1200 cavalos com modelo Sang Dargent

Bugatti Veyron Sang Dargent - exibida em 2009

A potência de 1001 cavalos parece já não chegar para o Bugatti Veyron e os responsáveis desta marca estudam a possibilidade da segunda geração do super-desportivo disparar para os… 1200 cavalos!

O aumento de potência assume-se como «necessário», considerando que a concorrência aumenta a cada dia, e o título de carro mais rápido do mundo de produção pode ficar pra trás…

Recentemente, Ferdinand Piëch responsável por tirar o Bugatti Veyron do papel, fez uma nova alusão ao lançamento de um Veyron com 1200 cavalos de potência durante uma palestra na Universidade de Tecnologia de Viena, capital da Áustria.

Piech não adiantou nenhum  detalhe adiconal sobre o projeto, no entanto, se há alguém que saberá da existência ou desenvolvimento de um super-Veyron é precisamente o anterior Presidente do Grupo Volkswagen.

Tirar mais 200 cavalos do motor W16 de 8 litros com quatro turbos não parece impossível. Mas será viável para um veículo cujo objetivo é circular exclusivamente na estrada com um elevado nível de conforto e requinte?

Que venha a velocidade da luz para os carros… aliás quando está previsto para que eles comecem a voar de verdade mesmo?

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Bugatti Galibier é mostrada em Genebra como estrela da marca

Bugatti Galibier apresentada em genebra não tinha parte da pintura em aço Inox como nas imagens de 2009

O motor que equipa a Bugatti Galibier, um quatro portas é um 8.0 de 16 cilindros sobrealimentado, que apresenta a particularidade de poder funcionar não só a gasolina mas também a etanol. Conta com tracção integral, travões de cerâmica desenvolvidos especialmente para o efeito e uma nova suspensão.

Ela é capaz de desenvolver 800 cavalos de potência. Nesta mostra  tecnológica não falta ainda a tração integral e os pistões  em cerâmica.

Estima-se que, a confirmar-se a sua passagem à produção, o Bugatti 16C Galibier deverá custar em torno de 1,3 milhões de euros.

Sua primeira aparição oficial foi no salão de Los Angeles no final de 2009, mas agora é definitivo.

O interior deste Bugatti encontra-se em conformidade com o desenho minimalista do exterior, como o atestam os únicos dois mostradores no painel de instrumentos. A Parmigiani, fabricante de relógios suíços, criou um relógio propositadamente para o Galibier, o qual também pode ser usado no pulso.

Detalhe do painel com Relógio Parmegiani - feito exclusivamente para o modelo e que pode ser usado fora do carro também

Galibier era o nome de uma versão do Bugatti Type 57 e é, também, uma das passagens mais difíceis da Volta a França, devido à sua altitude.

Mas o que interessa mesmo é que o carro, independente de ser caro, é simplesmente maravilhoso.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

%d blogueiros gostam disto: