Archive

Archive for the ‘Salão de Milão 2011’ Category

Confira as novidades do Salão de Motos de Milão 2011, o maior salão de motos do mundo que começou ontem dia 10 de Novembro

novembro 11, 2011 Deixe um comentário


Começou ontem, dia 10 de Novembro na famosa Milão na Itália, o EICMA , um dos mais concorridos e charmosos salões de motos do Mundo, o Salão de Milão 2011. Não só elegante e charmoso como também é considerado o mais  importante evento do mercado europeu de duas rodas.Para não dizer talvez do mundo ( será que existe algum maior?)

Abaixo um show de imagens e alguns dos principais destaques do evento. Não dá para publicar tudo num post só, mas este ficou bem recheado.

Marcas do mundo inteiro se revezam até o dia 13 de novembro em mostrar ao mundo as novidades do mercado. Como não poderia ser diferente, começamos pela marca italiana, a Piaggio, com um modelo estilo retrô, da época do pós guerra, a Vespa 46.

Ainda do grupo Piaggio, a Aprilia, mostrou o “big-scooter” SRV 850, produto que possui motor de 2 cilindros de 850 cm³ capaz de alcançar 76 cv de potência máxima. Só para se ter uma idéia um carro 1.000 no Brasil chega a ter menos potência que a moto, que numa foto quase perfeita, mostra a beleza também de quem poderia ocupar sua direção, como a modelo da foto abaixo.

A alemã,  BMW finalmente chega ao mercado de scooters e apresenta os modelos  C 600 Sport e o C 650 GT. Além dos scooters, a marca de origem alemã exibe também a série especial HP da esportiva K 1300 S, que tem detalhes feitos de fibra de carbono e ponteira de escape de titânio. O motor de quatro cilindrois em linha é o mesmo e produz 175 cv.


A Yamaha guardou para a feira três versões especiais da V-Max. Elas levam as assinaturas Ludovic Lazareth ( foto acima da Vmax) ,  Roland Sans e Marcus Walz, empresas especializadas em personalização. Um dos motores recebeu modificações e alcança 200 cv de potência.

Da austríaca KTM, um dos destaques é a Duke 690, que marca a nova geração dos motores da linha LC4, de um cilindro e quatro tempos. O da Duke 690 teve origem nos campeonatos de motocross, rali e enduro. Produz 67 cv de potência. Outro destaque da KTM em Milão é a Freeride, primeira motocicleta elétrica da marca.

Ducatti mostra asuper esportiva 1199 Panigale e 195 cv de pura potência

A ousada Ducati, chega ao evento apresentando nada menos que  três versões de sua nova superesportiva 1199 Panigale: standard, S e Tricolore. Os dois cilindros em “L” e o comando de válvulas desmodrômico foram mantidos, mas a Panigale inovou nos chassis e na eletrônica embarcada.

A nova aposta da marca de Borgo Panigale, que promete inovar em todos os quesitos segundo Claudio Domenicali, gerente geral da Ducati, deixou de lado o tradicional quadro em treliça para utilizar um chassi monocoque em alumínio. Cerca de 10 quilos mais leve que a 1198, a nova Panigale oferece 195 cv de potência máxima, além de um pacote eletrônico de fazer inveja até mesmo à BMW S 1000 RR.

Nakked Brutalle 675 da MV Agusta - um show de arrojo e performance

A clássica  MV Agusta apresentou com honras de super estrelas a esportiva F3 e a naked Brutale 675, ambas equipadas com motores de três cilindros em linha com 675 cc de capacidade cúbica. Um ainformação retirada do site infomoto diz que a marca italiana e a brasileira Dafra anunciaram que a F3 Serie Oro e a F4 RR Corsa Corta serão importadas com preços de R$ 170 mil e R$ 150 mil, respectivamente.

Com edição limitada em 200 unidades, a esportiva F3 Serie Oro está equipada com motor três cilindros de 675cc de capacidade pública, além de peças em fibra de carbono, suspensão e amortecedor de direção Öhlins, pinças dianteiras em monobloco, pedaleiras do piloto ajustáveis, banco em couro e placa de identificação em ouro, constando o número de série da motocicleta. Além disso, o novo proprietário da F3 Serie Oro recebe um kit especial, que remete aos três pistões do motor que a equipa, contendo a chave e o certificado de autenticidade.

Já a versão da supersportiva F4, a RR Corsa Corta conta com propulsor de quatro cilindros em linha, 16 válvulas e 998 cm3 de capacidade cúbica, que gera 201 cv a 13.400 rpm potência máxima de. Com esse desempenho, a F4 RR Corsa Corta é uma das poucas motocicletas do mundo a contar com um motor de mais 200 cv.

Curiosidades do Salão de Milão 2011

Uma moto inusitada foi apresentada durante o evento. Trata-se da  Xenon, desenvolvida pela empresa Evolve Electric Bikes – empresa localizada nos EUA e que preparou um modelo muito parecido com o que foi visto no filme Tron. Ela é feita com om neon azul emoldurando as “rodas”, é totalmente elétrica e custa a partir de US$ 55 mil. O grande diferencial da Xenon, além é claro, do design radical e do motor 100% elétrico, são suas rodas de 32 polegadas sem cubo e um quadro de fibra de carbono feito à mão.

A moto-conceito usa baterias de íon-lítio, que além de servir de força motriz, dão vida e cor à Xenon. O modelo da Evolve poder ser uma boa opção para quem quer divulgar um evento dirigido ao público jovem, descolado e que é viciado em filmes e games de ação e ficção científica.

A moto tem ainda moto tem motor de 40.000 watts, baterias de 96 volts, autonomia para 160 quilômetros, velocidade máxima de 160 km/h e, para carregar este brinquedão são necessárias cerca de 3,5 horas. Seria uma moto que além de todos os predicados acima certamente não passará desapercebida em qualquer local que trafegue.

%d blogueiros gostam disto: