Fábrica da Chery começa a ser construída em Jacareí – SP

Até o Governardor Geraldo Alckmin participou junto com representantes da Chery China que inauguraram a pedra fundamental em Jacareí

Se alguém dissesse a 10 anos atrás que começaríamos a andar de carros chineses e que teríamos pelo menos meia dúzia de concorrentes da safra de “novos orientais do mercado”, os Chineses no Brasil, certamente diriam que eu fiquei louco, certo?

Pois é… faço aqui uma previsão um tanto visionária: Japoneses, Coreanos e principalmente chineses terão mais de 50%do mercado em menos de 10 anos. Não sabemos se irá acontecer, mas é o que esperam alguns orientais como em uma das frases que o presidente da Chery Automobile, Yin Tongyue fez ontem durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da cidade de jacareí no estado de São Paulo. “Esperamos que o povo de Jacareí e de São Paulo cuide da Chery assim como uma mãe cuida de seus bebês.”.

A planta começa a ser construída no começo de 2012 e ocupará 400 mil metros quadrados, em um terreno doado pela prefeitura de 1 milhão de metros quadrados, cuja escritura Tongyue recebeu nesta terça-feira, 19, das mãos do prefeito de Jacareí, Hamilton Ribeiro Mota.

Ali a empresa começa a executar o seu maior investimento já feito fora da China, de US$ 400 milhões, para erguer a primeira unidade de produção completa além de suas próprias fronteiras nacionais – todas as outras 12 plantas da Chery existentes no exterior fazem apenas montagens de veículos em CKD e SKD. Tongyue revelou que todos os recursos a serem investidos na fábrica brasileira virão de seu país de origem, parte do caixa próprio da empresa e parte de financiamento do Banco da China.

Globalização no Brasil

“Não há nenhuma empresa do ramo automotivo no mundo que não esteja de olho no Brasil”, disse o executivo, para justificar o interesse da Chery em ter escolhido o País para intensificar seus esforços de globalização, que estão apenas começando, mas em ritmo acelerado. A fabricante estatal foi fundada em 1997 e já é a maior exportadora chinesa do setor, respondendo por 40% de todos os embarques de veículos, com presença em 80 mercados e projeção de produzir 800 mil unidades este ano, sendo 128 mil para exportação. A Chery é a quarta marca de produto chinês mais lembrada no mundo – e agora quer ser bem falada no Brasil.

“Queremos ser uma marca conceituada no Brasil. Por isso também vamos ter aqui um centro de desenvolvimento”, destacou Tongyue, lembrando que a Chery é atualmente a maior geradora de patentes do setor automotivo chinês e quer ser um ator global com qualidade reconhecida. Assim o País abrigará o terceiro centro de engenharia da Chery fora da China – os outros dois estão na Europa e Austrália.

Quando a planta estiver produzindo a todo vapor, a partir de 2014, deverá empregar cerca de 4,5 mil pessoas. Luis Curi, CEO da Chery Brasil, estima que esse número pode ser multiplicado por cinco ou seis na cadeia completa de fornecedores de suprimentos e serviços.

Veja abaixo como será a nova fábrica da Chery no Brasil


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: