Dongfeng poderá ser a próxima montadora chinesa a aportar no Brasil

E elas estão chegando, aos poucos e com a avidez dos Chineses...

A Dongfeng Motor Corporation e a delegação da Província de Hubei, China, promoveram ontem quarta-feira, 20 de outubro, um encontro para conhecer melhor a economia e o mercado automobilístico brasileiro.

A Dongfeng é uma das três maiores fabricantes chinesas de automóveis e pretende expandir sua marca a outros países. Durante o evento o vice-gerente-geral, Zhou Qiang, apresentou a estrutura da empresa e os planos de expansão. “A internacionalização é uma necessidade e queremos que o Brasil seja nossa porta de entrada para a América do Sul”, afirmou.

Durante o encontro foi assinado acordo de cooperação com parceiro que representará a marca no Brasil. A estatal planeja duas etapas de entrada no mercado brasileiro. A primeira é a venda de veículos importados da China e a segunda prevê a construção de uma fábrica para produção local.

A Fenabrave, associação que representa as concessionárias no país, apresentou um balanço dos veículos automotores no mercado brasileiro, e o presidente da Investe São Paulo mostrou as vantagens competitivas que o estado paulista oferece para indústrias do setor automotivo. “Além de fatores como logística, condições de infraestrutura, recursos humanos e mercado consumidor, há o Programa Estadual de Incentivo ao Investimento pelo Fabricante de Veículo Automotor (Pró-Veículo), que prevê a suspensão do pagamento do ICMS para a aquisição de mercadorias, equipamentos, partes e peças”, informou Mugnaini Jr.

Também participaram do evento o secretário-adjunto de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, João Carlos Maranha, o secretário municipal de Relações Internacionais, Alfredo Cotait Neto, o vice-governador da província de Hubei, Tian ChengZhou e o cônsul geral da China em São Paulo, Sun Rongmao.

Modelo produzido pela DongFeng, o Fengshen S30 sedã

Dongfeng

Além de veículos, a estatal Dongfeng produz peças e equipamentos. No portfólio dos veículos estão carros de passeio, vans, caminhões e ônibus. O grupo chinês já tem uma série de parcerias com montadoras como a coreana Kia Motors, as japonesas Honda e Nissan e o grupo francês PSA Peugeot Citroën.

Com cerca de 120 mil empregados, a chinesa fatura US$ 25 bilhões por ano. As últimas notícias divulgadas pela empresa, na China, mostram o interesse em ampliar a área de atuação fora do país de origem. A montadora também tem um departamento que estuda o desenvolvimento de veículos elétricos.

Fonte: Automotive Business

Veja outras matérias interessantes do Blog Contagiros em:

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: