Início > Autos Carros GM, Curiosidades Automotivas > Carros roubados e furtados, uma vergonha nacional

Carros roubados e furtados, uma vergonha nacional

Normalmente eu não colocaria um post pessoal no blog, mesmo porque isso com certeza não interessaria a muita gente. Porém mais uma vez o poder público deixou a desejar e acredito que o que vou comentar já deve ter afetado muitos dos que tiveram a paciência de ler este texto.

Roubo, Furto, Assalto, Subtração… palavras semelhantes que vivem acontecendo com todo mundo… é o político que rouba, o ladrão que furta as pessoas, o bandido que nos assalta, os bancos que nos subtraem. Todos os dias somos obrigados a perder algo.

Hoje não foi diferente. Estava minha esposa fazendo uma consulta após ter sofrido uma cirurgia a duas semanas, quando ao sair da clínica foi até o local que o carro estava estacionado e… nada, cadê o carro???? Sumiu… levaram embora. Próximo ao local, cerca de 200 metros do local um posto de comando do GARRA – GRUPO ARMADO DE REPRESSÃO A ROUBOS E ASSALTOS. Ah bom, era de roubo e assalto e no caso ela , minha esposa, foi furtada, ou melhor o carro que ele usava foi furtado, neste caso não conta certo?

A 500 metros dali um distrito de polícia que em plena quinta feira em horário de rush -perto das 18 hs tinha, além da fila de espera para registro de boletins de ocorrência, 2 policiais civis – investigadores, fazendo as ocorrências e só… isso porque estamos falando de um dos maiores distritos da cidade de Campinas-SP , que tem a petulância de ter Um milhão de habitantes, faculdades, polo de tecnologia e uma das maiores frotas percapta do Brasil com quase 0,7 carros por habitantes.

Logo ao nosso lado algumas pessoas reclamavam do mesmo tipo de SUBTRAÇÃO… mas no caso deles foi roubo a mão armado mas o que levaram foi a mesma coisa, o carro.

Será que as autoridades não poderiam criar um meio de detecção de carros roubados, será que não pode existir um chip, ou vários deles ao longo do carro que pudessem informar quais carros estão em situação irregular por conta de terem sido roubados? Mas para fazerem super radares para multar, isso tem toda tecnologia do mundo…

Agora o jeito é esperar e quem sabe achar o tal carro… o carro para quem está curioso é um Corsa Hatch 2005 que está fora das estatísticas dos carros mais roubados do Brasil em 2010, mas que neste caso não adiantou muito, né?

Já viu esta cena, pode ser, ela acontece mais de 1.000 vezes ao dia no Brasil

Felizmente existe uma lei que com certeza vai me devolver parte do IPVA – cujo valor absurdo no estado de São Paulo chega a 4% do valor do carro, ano após ano. A lei que devolve parte do IPVA pago por quem tiver seu carro roubado ou furtado, segue abaixo, bem como algumas informações úteis para quem procurar assim como eu informações na web.

Conheça um pouco mais da lei

O imposto a ser devolvido varia de acordo com o valor já pago do IPVA e com o mês em que o carro foi roubado. Por exemplo, quem quitou o IPVA e ficou sem o carro em junho, recebe a metade do dinheiro de volta.

O imposto a ser devolvido varia de acordo com o valor já pago do IPVA e com o mês em que o carro foi roubado. Por exemplo, quem quitou o IPVA e ficou sem o carro em junho, recebe a metade do dinheiro de volta.

A lei é nacional e o prazo que o motorista tem para pedir a devolução é o mesmo em todo o país.

“O contribuinte tem direito a pedir a restituição em até cinco anos depois de quitado o IPVA”.

Mas o valor será devolvido de acordo com as regras de cada estado. Em São Paulo, por exemplo, depois do pedido a restituição virá só no ano seguinte. No Paraná, a restituição virá em um prazo de 30 a 90 dias, muito mais justo.

Para receber o dinheiro de volta é preciso procurar a Receita Estadual, preencher um formulário e apresentar documentos pessoais, os do veículo, boletim de ocorrência, entre outros. Se o pedido for feito mais de três meses depois do roubo, é exigido também um comprovante de que o veículo não foi encontrado.

Tomara que esta cena eu não veja ao encontrar o carro

Confira o que fazer para pedir a restituição do IPVA de seu veículo roubado:

1 – Preencha o formulário de restituição. Em alguns estados, é possível fazer isso no site da Receita (veja abaixo). A solicitação é gratuita.

2 – Leve o formulário preenchido a uma das repartições da Receita Estadual. Ao protocolar o pedido, o proprietário também deve apresentar o número da conta corrente na qual o valor da restituição será depositado. Junto com o formulário, apresente fotocópia dos seguintes documentos:
– comprovante de pagamento do IPVA;
– licenciamento do veículo;
– comprovante de conta bancária (pode ser cópia do talão de cheque);
– documento de identidade;
– boletim de ocorrência relatando o roubo do veículo à polícia (se a data for superior a três meses, deve ser apresentada também a declaração de não localização do veículo);
– inquérito policial formulado em caso de extorsão, estelionato ou apropriação indébita.

3 – O contribuinte que não tiver conta bancária recebe uma ordem de pagamento da Receita Estadual a ser descontada em qualquer agência do Banco do Brasil.

Veja a lista dos 10 carros mais roubados no Brasil no ano passado

Segundo estudo da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg), mostrou que 191.347 carros, motos, caminhões e ônibus foram alvos desses tipos de crime, com registro da ocorrência entre janeiro e junho de 2010 (média de 1.057 veículos furtados ou roubados por dia). Na lista dos dez mais há sete carros e três motos; entre elas, a Honda CG 125 lidera. O levantamento reúne todos os modelos de cada veículo, por exemplo, do Gol.

De acordo com o Denatran, a frota total de veículos automotores no país em abril era de 61.014.812.

Fica aqui um alerta… ao deixarem seus carros na rua, lembrem-se destas estatísticas e escolham bem aqueles que poderão um dia criar leis para nos proteger desta palhaçada…

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: